Busca avançada
Ano de início
Entree

ChronusCamp research: uma empresa de pesquisa e aplicação na área de prospecção de petróleo

Processo: 15/09904-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Cleber Jose Soares
Beneficiário:Cleber Jose Soares
Empresa:Chronuscamp Research Análises Termocronológicas Ltda
Vinculado ao auxílio:13/50854-6 - Chronuscamp research: uma empresa de pesquisa e aplicação na área de prospecção de petróleo, AP.PIPE
Assunto(s):Termocronologia   Prospecção do petróleo   Ablação por laser   Espectrometria de massa por plasma acoplado indutivamente   Apatitas   Urânio

Resumo

O cenário atual de descobertas de bacias petrolíferas no Brasil torna pertinente à abertura de empresas P&D relacionadas com o desafio de extrair petróleo, especialmente na plataforma marítima, na região denominada pré-sal. A etapa que antecede a prospecção de hidrocarbonetos é intensamente marcada por pesquisas geofísicas, geológicas, termo e geocronológicas. Especialmente no pré-sal, a exploração do petróleo é uma área que pode ser considerada de risco. Sendo assim, é necessário obter o maior número de informações através das mais diversas ferramentas (por exemplo, os estudos citados acima) com o objetivo de minimizar tais riscos. Em geral, modelos geofísicos e geológicos são construídos a partir de mapeamento sísmicos com o objetivo de definir uma história do fluxo térmico a partir de modelos de geração de bacias petrolíferas. A base destes modelos está relacionada com conhecimento prévio de dados de refletância de vitrinita e paleotemperatura. Neste último caso, pode ser utilizada a termocronologia por traço de fissão, TTF, em apatita, que permite reconstruir histórias térmicas dos poços petrolíferos e, desta forma, inferir a paleotemperatura de tais sistemas. A TTF baseia-se no acumulo de traços fissão espontânea do 238U os quais são gravados no mineral de apatita e revelados por um tratamento químico adequado. A idade de traço de fissão pode ser determinada fazendo-se medidas destes traços espontâneos e medidas de traços induzidos em um reator nuclear (com o objetivo de se obter indiretamente o conteúdo de urânio do mineral em estudo). Outra característica dos traços de fissão é o seu encurtamento quando exposto a temperaturas elevadas. A este fenômeno dá-se o nome de annealing. Considerando que cada traço começa a ser encurtado a partir de sua geração em um dado tempo geológico, a distribuição dos traços confinados (contidos inteiramente dentro do mineral e paralelos à superfície de observação), juntamente com as idades de traço de fissão, constituem dados que alimentam uma modelagem térmica da amostra em questão, podendo gerar informações - histórias térmicas - no intervalo de temperatura entre 60 e 120°C, que, coincidentemente, é o mesmo em que ocorre a maturação de hidrocarbonetos intervalos de tempos geológicos (milhões de anos). Apesar do potencial da TTF, há na atualidade poucas empresas disponíveis no mundo aptas em prestar serviços de TTF aplicados à prospecção de petróleo (Geotrack e Apatite to Zircon, Inc). Especialmente no Brasil, apesar de existir mão de obra qualificada, não há nenhuma empresa desta natureza. Desta forma, este projeto tem como objetivo implantar uma empresa que forneça tais serviços para exploradoras de petróleo, principalmente aquelas que estão atuando no território nacional. Outra proposta deste trabalho é a opção por se obter o conteúdo de urânio das amostras de apatita utilizando-se um LA-ICP-MS (Laser Ablation Inductively Coupled Plasma Mass Spectrometer) e Microssonda Eletrônica (EM-TF) em vez do uso de irradiação num reator nuclear. Com estes procedimentos pode-se dizer que há um ganho muito importante: evita-se o manuseio de amostras irradiadas com nêutrons as quais tornam-se, então, radioativas sendo então desnecessária a observação de um tempo de espera para o manuseio deste material. Desta forma, o tempo para que resultados sejam gerados diminui drasticamente, passando de aproximadamente 6 meses para poucas semanas. Esta diminuição considerável do tempo de análise é um ponto primordial para empresas desta natureza. (AU)