Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de variações genéticas no gene da SEPP1 nas concentrações de Selenoproteina P e GPx3 plasmáticas após suplementação com castanha-do-brasil

Processo: 15/10146-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Silvia Maria Franciscato Cozzolino
Beneficiário:Janaina Lombello Santos Donadio
Supervisor no Exterior: John Edward Hesketh
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Newcastle University, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:11/17720-0 - Influência de diferentes genótipos no perfil de expressão de selenoproteínas em resposta à suplementação com selênio, BP.DR
Assunto(s):Estado nutricional   Castanha-do-Brasil   Polimorfismo genético   Micronutrientes   Selenoproteína P   Selênio

Resumo

INTRODUÇÃO: O selênio (Se) é um micronutriente fundamental para a saúde humana, sendo inserido nas 25 selenoproteínas na forma do aminoácido selenocisteína. Dentre as funções do Se, a mais famosa é o seu papel antioxidante, mas ele também está relacionado ao aumento da resistência do sistema imunológico, redução do risco de doença cardiovascular, câncer e diabetes mellitus tipo 2. A castanha-do-brasil destaca-se como a fonte alimentar mais rica no mineral, sendo considerada um dos alimentos mais nutritivos, decorrente do seu alto teor de proteínas, ácidos graxos poliinsaturados e fitosterois. O estado nutricional relativo ao Se determinado pela quantificação de diversos biomarcadores é mais vantajoso por possibilitar inferir o consumo alimentar de Se de maneira mais fidedigna. Nos indivíduos com estado nutricional adequado, o consumo alimentar de Se pode ser estimado pelas concentrações de Se plasmático. Dentre os biomarcadores, a Selenoproteína P (SePP) e a Glutationa Peroxidase Plasmática (GPx3) constituem aproximadamente 50% e 20% do Se plasmático, respectivamente. Por ser sensível às alterações da ingestão de Se na dieta, a SePP é um excelente marcador da ingestão alimentar de Se, principalmente em indivíduos com estado nutricional marginal e baixo, como é o caso da população da região sul e sudeste do Brasil. O platô da atividade da GPx3 foi utilizada para determinar a EAR (Estimate Average Requirement, Necessidade Média Estimada) tendo como base somente dois estudos de intervenção. Não há registros na literatura de estudos brasileiros que utilizaram a SePP como biomarcador do estado nutricional relativo ao Se, além disso nenhum trabalho que utilizou suplementação com castanha-do-brasil utilizou a SePP e GPx3 como biomarcadores. O efeito da suplementação com Se foi avaliada em estudos conduzidos tanto em modelos animais quanto em humanos, e como diferentes respostas foram observadas, a questão da variabilidade genética fica cada vez mais evidente. Atualmente, dois polimorfismos no gene da SEPP1 mostraram ter consequências funcionais. OBJETIVOS: Determinar as concentrações plasmáticas de SePP e GPx3 e relacionar o perfil genético com as concentrações dos biomarcadores em resposta à suplementação com castanha-do-brasil. METODOLOGIA: Este projeto utilizará as 130 amostras já coletadas no país como parte do projeto regular de doutorado da aluna. A população foi recrutada dentro da Universidade de São Paulo. Os voluntários ingeriram 1 unidade de castanha-do-brasil por 8 semana e depois ficaram mais 8 semanas sem ingerir. Foram realizadas cinco coletas de cada voluntário, uma por mês. As concentrações de SePP serão determinadas no plasma por imunoensaios utilizando dois anticorpos monoclonais. Resumidamente, cada anticorpo reconhece um sítio de ligação específico na cauda N-terminal da selenoproteína P. Curvas padrão de 0,15 a 5ng/mL serão construídas usando selenoproteína P humana purificada. A atividade da GPx3 será realizada no plasma segundo o método proposto por Paglia e Valentine, modificado para a enzima específica. O método se baseia na redução de peróxido de hidrogênio catalisada pela GPx, utilizando a glutationa como agente redutor. A concentração de glutationa é mantida pela adição de glutationa redutase e NADPH que converte a glutationa oxidada na sua forma reduzida.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DONADIO, JANAINA L. S.; ROGERO, MARCELO M.; GUERRA-SHINOHARA, ELVIRA M.; BARBOSA, JR., FERNANDO; DESMARCHELIER, CHARLES; BOREL, PATRICK; SNEDDON, ALAN A.; HESKETH, JOHN E.; COZZOLINO, SILVIA M. F. Genetic variants in selenoprotein genes modulate biomarkers of selenium status in response to Brazil nut supplementation (the SU.BRA.NUT study). Clinical Nutrition, v. 38, n. 2, p. 539-548, APR 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.