Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do efeito da palonasetrona e a associação palonasetrona/aprepitanto na incidência de náuseas e vômitos pós-operatórios em pacientes oncológicas submetidas à mastectomia, de alto risco pela escala de Apfel

Processo: 15/00867-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Angela Maria Sousa
Beneficiário:Liam Eichenberger da Silva Mc Auliffe
Instituição-sede: Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira (ICESP). Coordenadoria de Serviços de Saúde (CSS). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mastectomia   Anestesiologia   Náusea   Vômito   Período pós-operatório

Resumo

1. Introdução - Náuseas e vômitos estão entre os sintomas mais prevalentes e desconcertantes no período pós-operatório. Sua etiologia é multifatorial e envolve fatores de risco inerentes e não-inerentes ao paciente. Dentre eles podemos citar: idade, sexo, peso, história pregressa de náuseas e vômitos pós-operatórios, além de fatores relativos à cirurgia como: tempo de duração, medicação anestésica, tipo de cirurgia e dor pós-operatória. Hoje, o principal instrumento para avaliar fatores preditivos independentes de náuseas e vômitos pós-operatórios é a escala Apfel. Esta escala é graduada de 0 a 4 somando um ponto para cada um dos parâmetros a seguir: sexo feminino, não fumante, náuseas e vômitos pós-operatórios prévios e uso de opióides no pós-operatório. Cada ponto acrescenta em 20% a probabilidade de evento adverso sendo que a pontuação 0 já admite um risco de 10%; ou seja, os pacientes têm risco entre 10 e 80% de apresentarem sintomas. Para prevenir tais complicações utilizamos fármacos de ação antiemética que atuam em vias fisiopatológicas específicas e já bem descritas na literatura. Essas vias envolvem principalmente a zona quimiorreceptora de gatilho e o centro do vômito localizados no bulbo. Ambos recebem aferências de regiões periféricas e centrais tendo como principais efetores a serotonina, a dopamina, acetil-colina, histamina e neurokininas. O presente estudo leva em consideração recentes conhecimentos e guidelines para tratamento de náuseas e vômitos, principalmente no que concerne ao bloqueio de neurokininas com Aprepitanto. Busca-se assim uma nova possibilidade de tratamento associando-se os clássicos inibidores de serotonina (5-HT3) ao Aprepitanto. 2. Objetivos - Avaliar o efeito da associação palonosetrona/dexametasona ao aprepitanto na redução da incidência de náuseas e vômitos pós-operatórios em pacientes de alto risco para este sintoma, submetidos a cirurgias oncológicas de mastectomias. 3. Material e métodos - Trata-se de um ensaio clínico, prospectivo, duplo-encoberto, randomizado controlado realizado em pacientes do gênero feminino internados no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, classificados como ASA I ou II, sendo submetidas à cirurgia oncológica de mastectomia. As pacientes serão selecionadas randomicamente através do programa ''list randomizer'', disponível no site www.random.org, e então distribuídas em dois grupos de aproximadamente 42 pessoas sendo que um receberá aprepitanto 120 mg por via oral pré-operatório, 60 minutos antes da cirurgia e durante o procedimento anestésico-cirúrgico serão associadas a palonosetrona 8mg IV e a dexametasona 4mg IV; o outro grupo receberá placebo por via oral 60 minutos antes da cirurgia e durante o procedimento anestésico-cirúrgico serão associadas a odansetrona 8mg IV e a dexametasona 4mg IV. Fatores de inclusão serão pacientes com Apfel 3 e 4, anestesia venosa total e pacientes alfabetizadas, enquanto critérios de exclusão envolvem anestesia combinada, ASA III ou IV, história de alergia a alguma medicação utilizada no procedimento e distúrbios psiquiátricos e/ou déficits neurológicos. Após o procedimento cirúrgico as pacientes serão avaliadas para náuseas através da escala de Linkert e para dor através das escalas descritiva verbal e analógica visual. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
THIAGO RAMOS GRIGIO; ANGELA MARIA SOUSA; GABRIEL GUIMARÃES NUNES MAGALHÃES; HAZEM ADEL ASHMAWI; JOAQUIM EDSON VIEIRA. Aprepitant plus palonosetron for the prevention of postoperative nausea and vomiting after breast cancer surgery: a double blind, randomized trial. Clinics, v. 75, p. -, 2020.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.