Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos neurais envolvidos na geração da hipertensão arterial em ratas submetidas à hipóxia crônica intermitente

Processo: 15/06550-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Benedito Honorio Machado
Beneficiário:George Miguel Perbone Robuste Souza
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/06077-5 - Alterações nas redes neurais envolvidas na geração e controle das atividades simpática e respiratória em diferentes modelos experimentais de hipóxia, AP.TEM
Assunto(s):Anóxia   Hipertensão   Sistema nervoso simpático

Resumo

A hipóxia crônica intermitente (HCI) promove alterações no acoplamento simpático-respiratório e hipertensão arterial em ratos machos. Após a HCI, os ratos apresentam aumento da atividade simpática durante a fase final da expiração, o que pode contribuir, pelo menos em parte, para o desenvolvimento da hipertensão arterial. Do mesmo modo, estudos recentes do nosso laboratório mostraram que ratas submetidas à HCI desenvolvem hipertensão arterial e alterações no acoplamento simpático-respiratório, diferentes do padrão observado em machos, pois apresentam aumento da atividade simpática durante a inspiração. Essas observações sugerem que, embora ratos de ambos os sexos desenvolvam hipertensão após a HCI, os mecanismos neurais responsáveis pelas alterações no acoplamento simpático-respiratório são diferentes. Levando em consideração estas informações, a hipótese do presente projeto é a seguinte: as ratas submetidas à HCI apresentam aumento na atividade simpática relacionada à inspiração, sugerindo que os neurônios pré-simpáticos e respiratórios apresentam alterações na sua atividade, tornando-se mais excitáveis após a HCI. Para testar esta hipótese, estudaremos a atividade dos neurônios pré-simpáticos e respiratórios no bulbo ventral de ratas jovens submetidas à HCI. Para isso, utilizaremos a preparação coração-tronco cerebral isolados. Com este estudo poderemos obter informações eletrofisiológicas importantes para a melhor compreensão da modulação respiratória de neurônios geradores da atividade simpática e a suas implicações na gênese da hipertensão arterial em fêmeas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA, GEORGE M. P. R.; BARNETT, WILLIAM H.; AMORIM, MATEUS R.; LIMA-SILVEIRA, LUDMILA; MORAES, DAVI J. A.; MOLKOV, I, YAROSLAV; MACHADO, BENEDITO H. Pre- and post-inspiratory neurons change their firing properties in female rats exposed to chronic intermittent hypoxia. Neuroscience, v. 406, p. 467-486, MAY 15 2019. Citações Web of Science: 0.
SOUZA, GEORGE MIGUEL P. R.; AMORIM, MATEUS R.; MORAES, DAVI J. A.; MACHADO, BENEDITO H. Sex differences in the respiratory-sympathetic coupling in rats exposed to chronic intermittent hypoxia. Respiratory Physiology & Neurobiology, v. 256, n. SI, p. 109-118, OCT 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.