Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo e caracterização de enzimas celulases de bactérias

Processo: 15/11749-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Bioquímica de Microorganismos
Pesquisador responsável:Felipe Santiago Chambergo Alcalde
Beneficiário:Beatriz de Paula Pereira
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Enzimologia   Bactérias   Hidrólise enzimática   Celulase   Enzimas   Bacillus   Caracterização   Estudo clínico

Resumo

Hidrólise enzimática da biomassa vegetal é uma etapa importante do ciclo global do carbono, porém, apesar de sua abundância, só um pequeno grupo de organismos pode degradar biomassa devido à recalcitrância de duas importantes moléculas presentes na parede celular das plantas: lignina e celulose. Celulose é o polissacarídeo mais abundante na Terra, no entanto sua característica de molécula cristalina limita sua hidrólise enzimática e sua conversão em unidades de celobiose. Todos os mecanismos biológicos conhecidos para degradar celulose utilizam enzimas celulases. Enzimas celulases são produzidas por diversos organismos, mas só alguns têm a capacidade de produzir enzimas livres que degradam completamente celulose cristalina. A proposta visa o estudo e caracterização de enzimas celulases produzidas por bactérias Bacillus sp. que degradam celulose cristalina, para ser utilizada na degradação de biomassa.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)