Busca avançada
Ano de início
Entree

Testando o "home-field advantage" na decomposição da serapilheira em um gradiente altitudinal da Floresta Atlântica costeira do sudeste do Brasil.

Processo: 15/09635-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 24 de outubro de 2015
Vigência (Término): 23 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Luiz Antonio Martinelli
Beneficiário:Juliana Antonio
Supervisor no Exterior: Cindy Prescott
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of British Columbia (UBC), Canadá  
Vinculado à bolsa:13/26215-3 - O efeito da transposição na decomposição de folhas de diferentes espécies arbóreas entre a floresta ombrófila densa de terras baixas e montana do litoral norte do Estado de São Paulo, BP.MS
Assunto(s):Ciclagem de nutrientes

Resumo

As florestas tropicais são conhecidas por sua elevada diversidade biológica e por sua participação fundamental nos ciclos biogeoquímicos e na regulação do clima global. A Floresta Tropical Atlântica está distribuída ao longo do litoral brasileiro, ocorrendo em regiões de topografia acidentada que possibilitam a formação de gradientes altitudinais. Apesar de seu elevado desempenho, a Floresta Tropical Atlântica desenvolve-se sobre solos pobres que mantém o desenvolvimento da vegetação através de processos de ciclagem de nutrientes, como, por exemplo, a decomposição do material vegetal. A decomposição em florestas tropicais é complexa e pode envolver uma série de relações entre a diversidade de plantas e a comunidade do solo. Interações onde plantas influenciam a comunidade do solo e favorecem a sua decomposição tem sido denominadas "home-field advantage" (HFA). Atualmente a ocorrência da HFA em florestas tropicais tem sido pouco estudada, o que prejudica a compreensão do processo de decomposição em ambientes de elevada diversidade biológica. Nesse sentido, este projeto tem como objetivo a realização de um estágio de pesquisa na Universidade de British Columbia com a professora Cindy E. Prescott para complementação da análise dos dados de decomposição e de qualidade da serapilheira obtidos experimentalmente no Brasil. Serão determinadas as constantes (k) de decomposição, bem como serão feitas correlações entre os diferentes tratamentos, áreas e espécies. Ao final deste estágio espera-se obter uma discussão mais embasada e robusta sobre um processo ecológico tão importante e complexo nas florestas tropicais.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)