Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem do movimento das paredes de domínios, resposta dielétrica não linear e efeitos dos defeitos

Processo: 15/07897-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 27 de agosto de 2015
Vigência (Término): 26 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:José Pedro Rino
Beneficiário:Rolando Placeres Jiménez
Supervisor no Exterior: Dragan Damjanovic
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : École Polytechnique Fédérale de Lausanne (EPFL), Suíça  
Vinculado à bolsa:13/18874-7 - Nanoestruturas de perovskitas ferroelétricas: modelos coletivos do movimento das paredes de domínios e simulação por dinâmica molecular clássica, BP.PD
Assunto(s):Materiais ferroelétricos   Defeitos

Resumo

Os ferroelétricos são materiais com perspectivas para a tecnologia da informação e armazenamento de dados. A largura da parede de domínio extremamente estreita e a capacidade de manipular a polarização com campos elétricos abre os caminhos ao armazenamento de altas densidades. Estes materiais têm importantes aplicações nas telecomunicações modernas e na electrônica de potência devido às suas propriedades ajustáveis (tunáveis). As propriedades dielétricas não lineares dos ferroelétricos são fortemente determinadas pelo movimento da parede de domínio. Para melhorar o desempenho dos dispositivos ferroelétricos existentes e desenvolver novas aplicações técnicas, é necessário compreender mais profundamente a física de paredes de domínio, assim como o papel dos fatores microestruturais e dos campos externos na resposta desses materiais. Com este projeto, pretende-se estudar como diferentes tipos de defeitos (aceptores, doadores e paredes carregadas) afetam o movimento da parede de domínio e a resposta dielétrica. Como abordagem teórica, propõe-se utilizar o modelo de potencial efetivo, o qual fornece uma descrição simplificada do movimento da parede de domínio e resulta apropriado para introduzir defeitos como perturbações. Numa primeira etapa, diferentes tipos de defeitos serão modelados. Posteriormente, numa segunda etapa, será estudado o efeito da concentração destes defeitos na resposta não linear e na dinâmica da parede de domínio. Com o presente projeto espera-se contribuir para o avanço das aplicações técnicas desses materiais e para a engenharia de paredes de domínios.