Busca avançada
Ano de início
Entree

Documentos interativos para coleta especializada de experiências do cotidiano: operações para autoria, compartilhamento e análise

Processo: 15/07252-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Maria da Graca Campos Pimentel
Beneficiário:André Luiz Carlomagno Rocha
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50761-2 - Modelos e métodos de e-Science para ciências da vida e agrárias, AP.TEM
Assunto(s):Interação usuário-computador   Coleta de dados

Resumo

O Experience Sampling Method (ESM) é um método que tem por objetivo coletar dados de um indivíduo dentro de contextos naturais do seu cotidiano. Em um estudo baseado em ESM, participantes preenchem breves questionários em alguns momentos do seu dia a dia, quando alertados ou solicitados de alguma forma. Essa abordagem reduz o esforço cognitivo exigido dos participantes, em comparação com o exigido por outras técnicas como entrevistas e diários. A ampla disponibilização de dispositivos móveis equipados com sensores ampliou sobremaneira as possibilidades de coleta de informações, inclusive informações tratadas na área de Computação Ubíqua como informações de contexto. Com isso, são várias as pesquisas que relacionam os temas de Computação Ubíqua e variações do método ESM. Considerando (a) o interesse de pesquisadores de várias áreas no uso do método ESM como ferramenta de pesquisa; (b) a existência de lacunas em termos de recursos para compartilhamento, intercâmbio, autoria, visualização de informação; e (c) a relevância de uma solução na forma de uma plataforma aberta para coleta e a análise de dados por parte de pesquisadores que utilizam o método ESM, este projeto tem por objetivo geral propor um modelo, denominado openESM, para intercâmbio de informações manipuladas em sistemas que apoiem pesquisadores no uso do método ESM. Nesse contexto, os objetivos específicos deste projeto são: (a) formalizar o modelo por meio de operações que permitam a autoria, o compartilhamento e a análise tanto das informações relativas aos experimentos como dos dados capturados durante os experimentos; (b) implementar as operações em um protótipo com componentes Web e Android para smartphones; (c) definir, avaliar e evoluir o modelo por meio de dois estudos de caso: um no domínio de educação e outro no domínio de terapia ocupacional, este último no âmbito de um projeto que se realiza no escopo do Acordo de Cooperação Chamada FAPESP-SPRINT. Está previsto um estágio BEPE de 12 meses na Universidade de Surrey, UK. (AU)