Busca avançada
Ano de início
Entree

Sorção de água e solubilidade de materiais resilientes temporários para base de prótese

Processo: 15/03536-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Karin Hermana Neppelenbroek
Beneficiário:Giuliana de Campos Chaves Lamarque
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Próteses e implantes   Ósseointegração   Sorção   Reembasadores de prótese   Absorção   Solubilidade

Resumo

Os condicionadores de tecido e reembasadores temporários são materiais resilientes de curta duração amplamente utilizados na Clínica Odontológica Reabilitadora para proteção de feridas cirúrgicas, estabilização de próteses removíveis, condicionamento dos tecidos fibromucosos, reembasamento de próteses provisórias durante o período de osseointegração de implantes, moldagem funcional e tratamento da estomatite protética. Por serem compostos à base de resina acrílica, esses materiais apresentam alta sorção de água e solubilidade perdendo rapidamente sua maciez e, consequentemente, o conforto proporcionado ao paciente. Não existem normas internacionais que determinam limites aceitáveis dessas importantes propriedades para os materiais resilientes temporários e a comparação entre os poucos estudos disponíveis relacionados é dificultada pelas divergências em relação à metodologia. Assim, julgou-se oportuno avaliar a sorção de água e a solubilidade de quatro materiais resilientes temporários comercialmente disponíveis em função de diferentes períodos de imersão em água ao longo de sua vida útil. Serão testados dois condicionadores de tecido (Softone e Coe-Confort) e dois reembasadores resilientes temporários (Trusoft e Coe-Soft). Corpos de prova circulares (50 x 0,5 mm) dos materiais testados serão individualmente confeccionados de forma independente e submetidos à dessorção até estabilização das massas. Então, serão imersos em água destilada a 37oC por 3, 5, 7 ou 14 dias para serem pesados, dessecados e pesados novamente. Os dados serão obtidos em porcentagens de sorção de água e solubilidade para serem analisados estatisticamente (±=0,05).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACIEL, JANAINA GOMES; CAMPOS SUGIO, CAROLINA YOSHI; CHAVES, GIULIANA DE CAMPOS; FALCAO PROCOPIO, ANDREA LEMOS; URBAN, VANESSA MIGLIORINI; NEPPELENBROEK, KARIN HERMANA. Determining acceptable limits for water sorption and solubility of interim denture resilient liners. JOURNAL OF PROSTHETIC DENTISTRY, v. 121, n. 2, p. 311-316, FEB 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.