Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação imuno-histoquímicada ação do ² - tricálcio fosfato (cerasorb®) para preenchimento de defeitos peri-implantares críticos

Processo: 15/04251-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Pamela Leticia dos Santos
Beneficiário:João Paulo Lima Machado
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade do Sagrado Coração (USC). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Implantodontia   Implantes dentários   Ósseointegração   Substitutos ósseos   Defeitos ósseos   Biomecânica   Técnicas histológicas   Imuno-histoquímica   Modelos animais

Resumo

A proposta deste estudo será avaliar a efetividade do ²-fosfato tricalcio no processo de reparo de defeitos peri-implantares em tíbia de coelhos, por meio da análise imuno-histoquímica. Quinze coelhos receberam 1 ostectomia em cada tíbia por meio de trefina de 6.1 mm de diâmetro. Em seguida, foram utilizadas as fresaslança e helicoidais no preparo dos leitos receptores e 1 implante foi instalado. Os defeitos ósseos foram preenchidos de acordo com os grupos: I-coágulo sanguíneo; II - ²-fosfato tricalcio (Cerasorb®). Os animais foram submetidos a eutanásia nos períodos de 15, 30 e 60 dias pós-operatórios. Em projeto anterior foi realizado, imediatamente após a eutanásia, a análise biomecânica. Em seguida, os espécimes foram submetidos ao processamento laboratorial de rotina e realizou-se a análise histológica. Devido aos resultados encontrados nas análise supracitadas, justifica-se a necessidade de realizar a análise imuno-histoquímica para a expressão das proteínas osteoprotegerina (OPG), ligante do receptor ativador do fator nuclear :B (RANK-L) e fosfatase ácida resistente ao tartarato (TRAP) para elucidação do processo de degradação do Cerasorb®, o que tornará o trabalho com grande potencial de ser publicado em periódico de bom impacto. Além da expressão das proteínas será realizada a razão RANK-L:OPG para avaliar a tendência à inibição ou estímulo à formação osteoclastos. A avaliação dos resultados será realizada por meio do teste estatístico de análise de variância, adotando-se o nível de significância de 5%.