Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos fisiológicos e morfológicos que explicam a relação entre a forma do nitrogênio e a eficiência de uso do fósforo

Processo: 15/12399-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 07 de setembro de 2015
Vigência (Término): 06 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Ciro Antonio Rosolem
Beneficiário:Elialdo Alves de Souza
Supervisor no Exterior: Philip John White
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa : James Hutton Institute, Escócia  
Vinculado à bolsa:13/18870-1 - Aplicação localizada de fertilizantes amoniacais como estratégia para melhorar a eficiência do uso do fósforo em milho., BP.DR
Assunto(s):Milho   Nitratos

Resumo

A assimilação pela microbiota, a alta interação com cátions e colóides no solo e as baixas taxas de difusão reduzem a disponibilidade de fósforo (P) para as plantas. As formas de N afetam diferentemente a absorção de P, o equilíbrio de cargas e o trabalho dos simportadores transmembranares H+/H2PO4 e, consequentemente, tem efeitos diversos sobre a EUP. Os objetivos deste estudo são investigar se e como as formas de N alteram a expressão de transportadores de fosfato, a arquitetura de raiz, o trabalho dos transportadores de fosfato e a EUP sob deficiência e disponibilidade do nutriente. As plantas de milho serão cultivadas em um sistema de avaliação fenotípica de raiz e conduzidas com duas diferentes soluções dnutritivas diferindo na forma de N (amônio ou nitrato), na concentração de P (0, 50, 100, 250 e 1000 ¼M) e no pH (4 e 6), em um delineamento experimental inteiramente casualizado (2x5x2) e quatro repetições.O tamanho e a arquitetura da raiz serão monitoradas durante três semanas. No final do período de crescimento, as plantas serão cortados para avaliação do acúmulo de P na biomassa. A composição mineral das plantas será determinada por ICP-MS. A atividade da PM H + -ATPase será determinada colorimetricamente. O RNA será extraído a partir das raízes e a expressão de transportadores de fosfato será quantificado utilizando técnicas de rtPCR.