Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação e caracterização de vírus causadores de doenças febris transmitidos por artrópodes e roedores na região de Porto Velho, Rondônia

Processo: 15/04882-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Victor Hugo Aquino Quintana
Beneficiário:Mario Luis Garcia de Figueiredo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Virologia   Viroses   Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos   Bunyaviridae   Flaviviridae   Togaviridae   Arenaviridae

Resumo

Dentre as viroses que afetam os países de clima tropical, aquelas transmitidas por roedores (robovírus, rodent-borne virus) e artrópodes (arbovírus, arthropod-borne virus) possuem enorme importância em saúde pública e também em medicina veterinária por serem, em sua maioria, zoonoses. Várias dessas viroses tem caráter emergente, representando uma ameaça à saúde pública mundial. Os arbovírus e robovirus relacionados a doenças em seres humanos no Brasil pertencem principalmente a quatro famílias: Flaviviridae, Togaviridae, Bunyaviridae, e Arenaviridae. Considerando a importância em saúde pública de algumas dessas viroses presentes no Brasil, e a possibilidade de emergência de outras, é de grande interesse o monitoramento da circulação desses vírus. Porto Velho, capital do estado de Rondônia, se encontra numa região endêmica para malaria que é uma doença febril aguda e cujo agente etiológico é um parasita do gênero Plasmodium, o qual é transmitido pela picada de mosquitos fêmea do gênero Anopheles. Dezenas de indivíduos febris procuram todos os dias o Centro de Medicina Tropical de Rondônia (CEPEM) para o diagnóstico laboratorial específico de malária. Entretanto, muitos são casos negativos para essa doença, sugerindo então uma doença viral que poderia ser causada por robovírus ou arbovírus que, geralmente, não é diagnosticada. Desta forma, é de suma importância o diagnóstico específico das infecções virais em casos negativos de malária para que as autoridades competentes tomem as medidas preventivas necessárias para evitar epidemias que poderiam ser causadas por esses vírus. Este projeto de pesquisa tem por objetivo identificar e caracterizar os arbovírus e robovírus circulantes na região de Porto Velho. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GARCIA DE FIGUEIREDO, MARIO LUIS; AMARILLA, ALBERTO ANASTACIO; DE FIGUEIREDO, GLAUCIANE GARCIA; ALFONSO, HELDA LIZ; LIPPI, VERONICA; MOTTA MAIA, FELIPE GONCALVES; MORAIS, FELIPE ALVES; DA COSTA, CRISTOVAO ALVES; HENRIQUES, DYANA ALVES; DURIGON, EDISON LUIS; MORAES FIGUEIREDO, LUIZ TADEU; AQUINO, VICTOR HUGO. Cacipacore virus as an emergent mosquito-borne Flavivirus. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 50, n. 4, p. 539-542, JUL-AUG 2017. Citações Web of Science: 0.
MARIO LUIS GARCIA DE FIGUEIREDO; ALBERTO ANASTACIO AMARILLA; GLAUCIANE GARCIA DE FIGUEIREDO; HELDA LIZ ALFONSO; VERONICA LIPPI; FELIPE GONÇALVES MOTTA MAIA; FELIPE ALVES MORAIS; CRISTÓVÃO ALVES DA COSTA; DYANA ALVES HENRIQUES; EDISON LUIS DURIGON; LUIZ TADEU MORAES FIGUEIREDO; VICTOR HUGO AQUINO. Cacipacore virus as an emergent mosquito-borne Flavivirus. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 50, n. 4, p. -, Ago. 2017.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.