Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização anatômica foliar de Astronium fraxinifolium (Anacardiaceae) submetida ao estresse nutricional

Processo: 15/00134-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Aline Redondo Martins
Beneficiário:Marilaine Cristina Marques Leite
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Anatomia vegetal   Anacardiaceae   Astronium

Resumo

A família Anacardiaceae caracteriza-se por apresentar árvores, arbustos e raramente ervas e lianas. É encontrada em ambientes tropicais e subtropicais. Astronium fraxinifolium Schott, conhecido popularmente como 'Gonçalo-Alves' é uma das espécies arbóreas de Anacardiaceae do cerrado brasileiro, de caráter medicinal, sendo partes da planta utilizadas na medicina popular. Também é relatada sua utilização na construção civil e naval, uma vez que sua madeira apresenta alta densidade. Serão coletadas amostras de A. fraxinifolium na "FEPE" (Fazenda de Ensino, Pesquisa e Extensão - UNESP) localizada no município de Selvíria - MS. Ambas as populações apresentam a mesma idade e diferem pelo fato de uma ter recebido os nutrientes necessários para seu desenvolvimento e a outra ter crescido em um solo degradado e com deficiência nutricional. A finalidade deste trabalho é realizar uma caraterização anatômica da epiderme e de células do mesofilo de A. fraxinifolium, visando reconhecer caracteres relacionados á possíveis adaptações anatômicas em folhas, relacionadas ao estresse ambiental provocado por deficiência nutricional. Folhas serão coletadas nas duas áreas de estudo, amostras serão fixadas, desidratadas, incluídas em resina sintética e seccionadas para montagem de lâminas histológicas e posterior análise anatômica para verificação de alterações nos tecidos da folha. Análises complementares utilizando testes histoquímicos também poderão ser realizadas. Além disso, será utilizada Microscopia Eletrônica de Varredura para descrever a cutícula foliar e demais apêndices epidérmicos. Para tanto, o material será desidratado, seco ao ponto crítico, metalizado e analisado.