Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de danos no material genético de residentes médicos expostos aos resíduos de gases anestésicos

Processo: 15/06420-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Mutagênese
Pesquisador responsável:Mariana Gobbo Braz
Beneficiário:Nayara Micarelli de Arruda
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Genotoxicidade   Exposição ocupacional   Anestésicos inalatórios

Resumo

O material genético é exposto a uma série de agentes tóxicos, os quais podem induzir danos, acarretando alterações no genoma. Relatos na literatura mostram que a exposição por décadas aos anestésicos inalatórios repercute, de forma deletéria, no organismo. Portanto, a avaliação do efeito da exposição aos resíduos de gases anestésicos em profissionais recém-expostos, os quais atuam em centro cirúrgico com salas de operação ainda sem adequado sistema de exaustão e renovação de ar é relevante. Neste trabalho pioneiro, avaliar-se-ão os danos no DNA de médicos residentes expostos aos resíduos de gases anestésicos por três anos (final da residência médica). Para isso, o estudo será realizado em 40 médicos, alocados em dois grupos de acordo com a exposição ocupacional ou não (controle) aos resíduos de gases anestésicos. Amostras de sangue serão coletadas e codificadas e os linfócitos serão isolados para avaliação de danos na molécula do DNA, pelo teste do cometa. Dessa forma, nossos dados contribuirão para se conhecer o impacto no genoma dessa exposição ocupacional aos anestésicos inalatórios em jovens profissionais.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.