Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de dados de acelerometria para identificação de idosos em risco de queda

Processo: 15/09715-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Medicina Preventiva
Pesquisador responsável:Paula Costa Castro
Beneficiário:Patrícia Bet
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Marcha   Tecnologia assistiva   Mobilidade   Geriatria   Queda

Resumo

Justificativa: Quedas em idosos são um problema de saúde pública devido a sua grande incidência e gravidade de suas consequências humanas e de custo. Equipamentos baseados em sensor de aceleração representam uma opção para prevenção e acompanhamento de idosos caidores. Entretanto, há uma lacuna na literatura no que tange a análise de banco de dados relativos à acelerometria de idosos. Dados de marcha de idosos, bem como novas abordagens nas análises das curvas de acelerometria, poderiam iniciar discussões acerca da interpretação e uso destes equipamentos para atenção à saúde e prevenção. Objetivo: testar um sensor de aceleração triaxial para investigar os possíveis padrões que poderiam rastrear risco de queda em idosos por meio do Teste de Caminhada de Seis Minutos. Método - Delineamento: estudo seccional exploratório. Seleção: amostra de conveniência de 30 voluntários idosos residentes na comunidade. Locação: Campus da Universidade da Terceira Idade e Unidades Básicas de Saúde de São Carlos. Grupos: Caidores Recorrentes (10), Caidores (10) e Não Caidores (10). Dispositivo: Um sensor de aceleração triaxial acoplado a uma pequena placa de desenvolvimento, e um software de computador para processar os dados de saída e o risco de queda em um paciente. Procedimentos: 30 voluntários idosos irão realizar o teste de Caminhada de Seis Minutos, usando o dispositivo conectado à cintura (centro de massa). Testes estatísticos e técnicas de processamento de sinais serão utilizados para analisar diferenças entre as curvas de aceleração dos indivíduos pertencentes aos três grupos. Resultados Esperados: A obtenção de dados a partir de um sensor de aceleração triaxial que indiquem diferenças entre os padrões de idosos caidores e não-caidores, poderia contribuir para o futuro desenvolvimento de um equipamento acessível e de formas de processamento dos dados de acelerometria. Além disso, uma base de dados real de padrões de movimento e risco de queda de indivíduos senescentes poderia auxiliar pesquisadores e profissionais no Brasil e no mundo, contribuindo para desenvolvimento de programas, pesquisas e políticas para prevenção de quedas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Produto pode ajudar a evitar quedas sofridas por idosos 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PONTI, MOACIR; BET, PATRICIA; OLIVEIRA, CAROLINE L.; CASTRO, PAULA C. Better than counting seconds: Identifying fallers among healthy elderly using fusion of accelerometer features and dual-task Timed Up and Go. PLoS One, v. 12, n. 4 APR 27 2017. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.