Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do nível sérico da progesterona no dia do hCG em relação à taxa de gravidez de pacientes submetidas às técnicas de reprodução assistida

Processo: 14/11655-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Caio Parente Barbosa
Beneficiário:Fernanda Godoy Cabral
Instituição-sede: Faculdade de Medicina do ABC (FMABC). Organização Social de Saúde. Fundação do ABC. Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Reprodução humana   Gravidez   Progesterona   Técnicas de reprodução assistida

Resumo

A busca de preditores do sucesso de tratamentos de reprodução assistida de alta complexidade, como a fertilização in vitro (FIV) e a injeção intracitoplasmática de espermatozoides ("ICSI"), é essencial, uma vez que possibilitaria a transferência embrionária única com a redução dos riscos da gestação múltipla visando a uma taxa de gravidez aceitável. Neste contexto, destaca-se o nível sérico da progesterona em tratamentos de reprodução assistida dosado no dia de aplicação do hormônio coriônico gonadotrófico (HCG). Se o valor for maior que o esperado, pode prejudicar a taxa de gravidez tanto pelo acometimento ovariano, considerando a maturação oocitária, fertilização e clivagem embrionária, quanto pela inadequada decidualização endometrial. O objetivo deste estudo é avaliar o valor de progesterona colhido no dia do HCG que prediz melhores taxas de gravidez, além de caracterizar o perfil epidemiológico do grupo estudado. Esta informação carece de estudos em uma população com grande miscigenação étnica como a brasileira, contribuindo no processo de priorizar a transferência embrionária única com uma adequada taxa de gravidez. O estudo será prospectivo observacional realizado no Centro de Reprodução Humana e Genética da Faculdade de Medicina do ABC a partir do ano de 2014. Um mil e duzentas mulheres serão avaliadas em três grupos conforme antecedente de tratamento de alta complexidade: grupo I, nenhum tratamento anterior; grupo II, falha anterior em uma tentativa, e grupo III se duas ou mais falhas anteriores. Os fatores de infertilidade considerados em cada grupo serão masculinos, ovulatórios, endometriose e ambos, quando se identificar no casal um fator feminino e masculino. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RENATO DE OLIVEIRA; FERNANDA GODOY CABRAL; WALDEMAR DE ALMEIDA PEREIRA CARVALHO; EMERSON BARCHI CORDTS; BIANCA BIANCO; CAIO PARENTE BARBOSA. Progesterone level on the day of hCG administration in relation to the pregnancy rates of patients undergoing assisted reproduction techniques. Einstein (São Paulo), v. 15, n. 3, p. -, Set. 2017.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.