Busca avançada
Ano de início
Entree

Promoção de crescimento e atividades bioquímicas em plantas inoculadas com Bacillus subtilis em condições de estresse hídrico

Processo: 15/14414-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 30 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Fabio Fernando de Araujo
Beneficiário:Taiane Fernanda dos Santos Barradas
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias. Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/20328-0 - Promoção de crescimento e atividades bioquímicas em plantas inoculadas com Bacillus subtilis em condições de estresse hídrico, AP.R
Assunto(s):Microbiologia

Resumo

As rizobactérias promotoras do crescimento de plantas (RPCP) são bactérias que habitam o solo e com frequencia são isoladas da rizosfera de diversas plantas cultivadas. Os efeitos destes microrganismos sobre o crescimento das plantas são amplos, incluindo os efeitos benéficos no controle de fitopatógenos no solo, emergência de plântulas e crescimento de plantas. O estudo de modos de ação das rizobactérias responsivos no aumento do crescimento das plantas tem sido o foco de vários trabalhos disponíveis na literatura, entretanto, também é relatado que as rizobactérias podem interferir na tolerância das plantas aos estresses abióticos e influenciar nas atividades bioquímicas das mesmas. O déficit hídrico durante o crescimento das plantas tem sido uma das principais causas das frustações de safras nas últimas décadas e as ações que visam aumentar a tolerância das plantas despontam como de grande interesse para a pesquisa agrícola. Nos sistemas agrícolas sustentáveis a inoculação de bactérias pode proporcionar proteção cruzada contra diferentes tipos de estresses: bióticos e abióticos. A inoculação de Bacillus subtilis em sementes de plantas, atuando como RPCP, tem proporcionado resultados positivos em diversos estudos, qualificando esta espécie bacteriana como de grande potencial para uso na agricultura. Neste sentido, o presente projeto tem como objetivo a avaliação de isolados de Bacillus subtilis como indutor da tolerância ao estresse hídrico e efeitos na atividade enzimática e produção de compostos antioxidantes em plantas. Será avaliado o desempenho de isolados bacterianos para promover o crescimento de plantas em condições de déficit hídrico, e alterações em atividades bioquímicas relacionados com estresses oxidativos. Os resultados do presente estudo fundamentarão novas linhas de pesquisas com a utilização das rizobactérias na agricultura buscando-se minimizar os efeitos deletérios do déficit hídrico.