Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemática e taxonomia da família Mormoopidae (Chiroptera)

Processo: 15/02132-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Alexandre Reis Percequillo
Beneficiário:Ana Carolina D'Oliveira Pavan
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/23565-1 - Taxonomia e evolução da morfologia em Mormoopidae: uma abordagem de morfometria geométrica utilizando dados fósseis, BE.EP.PD
Assunto(s):Sistemática   Filogenia   Biogeografia   Evolução animal   Morcegos

Resumo

A família de morcegos neotropicais Mormoopidae contem atualmente oito espécies descritas em dois gêneros, Pteronotus e Mormoops. Trabalhos recentes investigando a variação genética do grupo apontam para a existência de linhagens divergentes em diversos táxons de Mormoopidae. Em minha tese de doutorado (2014) utilizei diferentes áreas do conhecimento para estudar a sistemática e descrever a história evolutiva do gênero Pteronotus. Os resultados sugerem que a diversidade em Mormoopidae supera 20 espécies, e novas questões sobre a sistemática e taxonomia desse conjunto de linhagens permanecem sem resposta. O presente projeto propõe um estudo mais aprofundado em alguns aspectos da evolução de Mormoopidae, desenvolvendo linhas de investigação sobre a taxonomia, biogeografia, evolução craniana e ontogenia do grupo. Na abordagem taxonômica proposta, a diversidade e relações filogenéticas de Mormooopidae serão investigadas por meio de dados moleculares, morfométricos cranianos e morfológicos. Como resultado será produzido um arranjo taxonômico completo e atualizado sobre essa família de morcegos neotropicais, que fornecerá uma hipótese de trabalho para diversas áreas relacionadas. Um estudo biogeográfico baseado nessa nova hipótese filogenética será realizado, estimando datas de origem e propondo fatores geográficos e ecológicos que influenciaram na diversificação do grupo. Por fim, investigações adicionais sobre a modularidade nos crânios das espécies de Mormoopidae e suas consequências para a evolução desse fenótipo serão abordadas. Um estudo sobre a anatomia e ontogenia craniana de uma das espécies de Pteronotus também é proposto. De modo geral, o projeto representa uma contribuição significativa para o conhecimento atual sobre a diversidade e evolução de morcegos na Região Neotropical. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PAVAN, ANA C.; BOBROWIEC, PAULO E. D.; PERCEQUILLO, ALEXANDRE R. Geographic variation in a South American clade of mormoopid bats, Pteronotus (Phyllodia), with description of a new species. JOURNAL OF MAMMALOGY, v. 99, n. 3, p. 624-645, JUN 1 2018. Citações Web of Science: 6.
LOPEZ-BAUCELLS, ADRIA; TORRENT, LAURA; ROCHA, RICARDO; PAVAN, ANA CAROLINA; BOBROWIEC, PAULO ESTEFANO D.; MEYER, CHRISTOPH F. J. Geographical variation in the high-duty cycle echolocation of the cryptic common mustached bat Pteronotus cf. rubiginosus (Mormoopidae). BIOACOUSTICS-THE INTERNATIONAL JOURNAL OF ANIMAL SOUND AND ITS RECORDING, v. 27, n. 4, p. 341-357, 2018. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.