Busca avançada
Ano de início
Entree

Amigos do coração: representações de criança, infância e educação na obra de Edmondo De Amicis

Processo: 15/09132-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Claudia Panizzolo
Beneficiário:Milena Domingos Belo
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/01395-7 - A presença e circulação do livro italiano coração de edmondo de amicis na educação portuguesa, BE.EP.MS
Assunto(s):História da educação   Escolarização   Livro didático

Resumo

A investigação proposta neste projeto tem como objeto de estudo o livro de leitura de Edmondo De Amicis, Cuore - obra que teve grande circulação internacional e significativa acolhida no Brasil onde inspirou inclusive a elaboração de obras nacionais. O interesse em analisar um Livro de Leitura justifica-se por este se constituir em um tipo específico de literatura escolar muito utilizada entre o final do século XIX e meados do XX nas escolas primárias brasileiras e que tinha a missão de educar e civilizar os alunos, ou seja, as crianças. Ao cotejar o diálogo entre o discurso sobre a infância, produzido e divulgado pelo campo científico no período eleito para a investigação, e o discurso literário, presente nas obras destinadas às crianças na escola tem-se como objetivo a compreensão da representação de infância e dos projetos educativos veiculados através dos livros. Considerando os aportes da História Cultural, esta pesquisa tomará como procedimento metodológico a análise dos aspectos da materialidade do livro conforme proposto por Chartier (1990; 1994; 2001), ou seja, através da análise do processo de produção, de adoção e de circulação deste artefato cultural, seus conteúdos e imagens associados às concepções pedagógicas e às políticas de inovação educacional e principalmente à representação de criança. A análise buscará fundamento nos aportes da história da infância no mundo ocidental e mais especificamente da história da infância no Brasil. Pretendendo-se, assim, a investigação dos modos de idealizar e representar a infância realizados através de discursos e práticas vigentes, considerando a relação existente entre o processo de escolarização e a produção da concepção de infância nas sociedades modernas. (AU)