Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização mineralógica e petrográfica do sienito Serraria próximo ao contato com o gabro, praia do Jabaquara, Ilha de São Sebastião (SP)

Processo: 15/14865-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Gaston Eduardo Enrich Rojas
Beneficiário:Saulo Vieira da Silva Filho
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mineralogia   Petrologia   Mesozoico   Rochas alcalinas   Sienito   Microscopia óptica   Microscopia eletrônica de varredura   Microanálise por sonda eletrônica   São Sebastião (SP)

Resumo

O presente projeto de iniciação científica a ser realizado no Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo tem por objetivo a caracterização petrográfica e de química mineral das rochas sieníticas do stock da Serraria próximo ao contato com o gabro, no costão a leste da praia do Jabaquara, porção norte da Ilha de São Sebastião. Será dada ênfase na descrição de feições de interação entre magmas tais como enclaves, brechas e diques rompidos. A geologia da Ilha de São Sebastião é formada por uma associação alcalina do tipo sienítico-gabróide, com idade de aproximadamente 85 Ma pertencente à província alcalina Serra do Mar. O magmatismo alcalino da ilha é composto por três stock sieníticos - Serraria, Mirante e São Sebastião - além de corpos gábricos menores e diques de lamprófiros e fonólitos. A abordagem ao tema será realizada através da descrição petrográfica e da caracterização química dos principais minerais máficos com ênfase a identificação de texturas de desequilíbrio mineral, tais como microenclaves e zoneamentos químicos. Os procedimentos analíticos irão combinar microscopia óptica, microscopia eletrônica de varredura e microssonda eletrônica.