Busca avançada
Ano de início
Entree

Atlas morfológico de estruturas cuticulares em aranhas Mygalomorphae: representantes da fauna australiana

Processo: 15/06406-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 16 de novembro de 2015
Vigência (Término): 15 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:José Paulo Leite Guadanucci
Beneficiário:José Paulo Leite Guadanucci
Anfitrião: Robert John Raven
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Local de pesquisa: Queensland Museum, Austrália  
Assunto(s):Morfologia animal   Aranhas

Resumo

As aranhas Mygalomorphae, entre as quais estão as populares caranguejeiras, formam um grupo que apresenta a morfologia muito homogênea, dificultando o reconhecimento de caracteres para o uso na sistemática. Ainda que atualmente haja muitas ferramentas para acesso a caracteres moleculares, existe um universo inexplorado de possibilidades de dados morfológicos nas estruturas cuticulares dessas aranhas. Nesse sentido, um grupo de pesquisadores (J.P.L. Guadanucci - UNESP, Rio Claro; R. P. Indicatti - Instituto Butantan; L. T. Miglio - Museu Paraense Emilio Goeldi) vem desenvolvendo o projeto intitulado "Atlas morfológico de estruturas cuticulares em aranhas Mygalomorphae", com o intuito de explorar esses caracteres, através de microscopia eletrônica de varredura (MEV), e avaliar suas aplicações em estudos de relacionamento evolutivo. O projeto encontra-se em desenvolvimento, tendo sido preparado e examinado um grande número de gêneros (36) pertencentes a todas as 16 famílias de Mygalomorphae. Em contato com o Dr. Robert Raven, curador da coleção de aranhas do Queensland Museum, fui informado da existência de um farto material dessas aranhas já montados e metalizados nos suportes metálicos para exame em MEV. A presente proposta, portanto, tem o objetivo de permitir ao coordenador do projeto supracitado o acesso a esse material. A inclusão desse material aumentará de 36 para 110 o números de gêneros incluídos nos resultados finais e tornará os produtos resultantes dessa pesquisa mais significativos. Por se tratar de um complemento a um projeto já em desenvolvimento, projetamos dois manuscritos como resultados diretos da presente proposta: 1 - Morfologia de cerdas tarsais das pernas de aranhas Mygalomorphae, que deve ser finalizado em até seis meses após a conclusão dos trabalhos dessa proposta; 2 - Atlas morfológico de estruturas cuticulares em aranhas Mygalomorphae, que constitui um trabalho mais extenso e abrangente, que deve ser finalizado em até 18 meses após a finalização das atividades descritas nessa proposta. (AU)