Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de diferentes estratégias de cimentação sobre a resistência de união de pinos de fibra de vidro fixados com cimentos resinosos experimentais contendo diferentes concentrações de sal de ônio

Processo: 15/12325-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Giselle Maria Marchi Baron
Beneficiário:André Cardoso Andrade de Melo
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Dentística operatória   Resistência de união (odontologia)   Cimentos de resina   Fibra de vidro   Cimentação   Fotopolimerização   Microscópio eletrônico

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar a influência dos diferentes protocolos de fotopolimerização (FP) sobre a resistência de união (RU) de pinos de fibra de vidro fixados com cimentos resinosos experimentais (CE) contendo diferentes concentrações do sal hexafluorfosfato de difeniliodônio (DFI). Sessenta raízes de incisivos bovinos serão preparadas endodônticamente e divididas, em 6 grupos, variando-se a concentração de DFI entre 0,5mol%, 1mol% ou 0mol%, e o protocolo de fotopolimerização: P1: condicionamento ácido por 15 segundos, aplicação do primer, seguido do bond Scotchbond Multipurpose (3M ESPE), fotoativação por 20 segundos à irradiância de 1200 mW, introdução do CE, posicionamento do pino no interior do canal e fotoativação por 60 segundos; P2: condicionamento ácido por 15 segundos, aplicação do primer seguido do bond e logo, em seguida, introdução do CE, posicionamento do pino no interior do canal e fotoativação dos três agentes, simultâneamente, por 60 segundos. As raízes contendo os pinos cimentados serão submetidas ao teste de resistência de união push-out a uma velocidade de 0,5mm/min. Análise do padrão de fratura será realizada através de lupa estereoscópica (LEICA MZ75 50X) e microscópio eletrônico de varredura (MEV). Os dados coletados serão tabulados e avaliados quanto a sua normalidade para posterior submissão aos testes estatísticos adequados.