Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da LED terapia sobre parâmetros inflamatórios em modelo experimental de asma

Processo: 15/08041-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Adriana Lino dos Santos Franco
Beneficiário:Marina Izadora Silveira Evangelista
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Asma   Pneumonia   Mediadores da inflamação   Pneumologia

Resumo

A asma é uma doença inflamatória pulmonar crônica que afeta parcela significativa da população (7 a 10%), com elevado custo social e econômico caracterizada por broncoconstrição, aumento do número de células inflamatórias no espaço aéreo (eosinófilos, mastócitos, neutrófilos, linfócitos entre outras), perda do epitélio brônquico, aumento na secreção de muco e reatividade exacerbada do músculo liso.Diversos estudos têm possibilitado uma melhor compreensão sobre a fisiopatologia da asma. À medida que o conhecimento se acumula, há também um aumento de possíveis alvos terapêuticos visando um melhor controle da doença e de qualidade de vida do paciente. Nesse contexto, terapias que melhorem o desconforto respiratório de pacientes com doenças respiratórias como a asma e também reduzam os custos despendidos bem como os efeitos colaterais são de grande importância. Nesse sentido, a fototerapia tem se mostrado como uma alternativa de tratamento promissora. LED (light emitting diode) são diodos semicondutores utilizados na prática fisioterapêutica para acelerar os processos cicatriciais. A foto estimulação da luz LED atua sobre as células interferindo na sua permeabilidade, atuando nas mitocôndrias, na síntese de ATP e em proteínas como colágeno e elastina. Age ainda como antimicrobiano e anti-inflamatório. No entanto, em doenças pulmonares não existem ainda estudos usando a terapia com LED. Deste modo, o objetivo do estudo é avaliar o efeito da LED terapia em modelo de asma experimental. Para tanto, camundongos serão sensibilizados com HDM (house dust mite) por via intranasal nos dias 0,7,14, 21, 28, 35 e 42 e tratados ou não com LED terapia 4 h após cada desafio. Nossos estudos priorizarão as análises de células no pulmão e mediadores inflamatórios.Mediante o exposto, estudos que visem à compreensão dos mecanismos envolvidos em doenças pulmonares como a asma e possíveis terapias com menor custo e menor efeito colateral visando uma melhor qualidade de vida para o paciente adquirem relevância adicional.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARDOSO SIQUEIRA, VANESSA PEROSINO; SILVEIRA EVANGELISTA, MARINA IZADORA; DOS SANTOS, ALANA; MARCOS, RODRIGO LABAT; LIGEIRO-DE-OLIVEIRA, ANA PAULA; PAVANI, CHRISTIANE; DAMAZO, AMILCAR SABINO; LINO-DOS-SANTOS-FRANCO, ADRIANA. Light-Emitting Diode treatment ameliorates allergic lung inflammation in experimental model of asthma induced by ovalbumin. Journal of Biophotonics, v. 10, n. 12, SI, p. 1683-1693, DEC 2017. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.