Busca avançada
Ano de início
Entree

Folhas homobáricas e heterobáricas em diferentes fisionomias do Cerrado e relações entre anatomia foliar e trocas gasosas

Processo: 15/16307-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Tatiane Maria Rodrigues
Beneficiário:Stefany Cristina de Melo Silva
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/12482-2 - Folhas homobáricas e heterobáricas em diferentes fisionomias do cerrado e relações entre anatomia foliar e trocas gasosas, AP.R
Assunto(s):Fotossíntese   Luz   Anatomia vegetal   Cerrado

Resumo

Extensões da bainha do feixe vascular (EBF) em folhas heterobáricas desempenham papel importante na condução de água, respostas ao estresse hídrico e na transferência de luz para as camadas internas do mesofilo, aumentando o desempenho fotossintético. Por outro lado, folhas homobáricas, sem EBF, garantem maior movimento lateral de gases. Espécies com folhas heterobáricas ocorrem preferencialmente em florestas decíduas e plantas com folhas homobáricas são dominantes em florestas sempre-verdes. Ainda, a maioria das espécies do sub-bosque em florestas tropicais apresenta folhas homobáricas, enquanto que espécies emergentes ou em clareiras possuem folhas heterobáricas. Nosso objetivo é investigar a distribuição de espécies com folhas homobáricas e heterobáricas no cerradão e no cerrado stricto sensu buscando associar a presença/ausência de EBF com o porte das plantas, índices fisiológicos, densidade estomática e condições de luminosidade do ambiente. Em cada área será delimitado um quadrante de 20mX20m. Amostras de folhas expandidas serão processadas para estudos aos microscópios de luz e eletrônico de varredura. A área e a massa seca foliar serão determinadas para obtenção do peso específico das folhas. Índices de trocas gasosas e luminosidade do ambiente serão obtidos por IRGA (Infra Red Gas Analyser). A distribuição de folhas homobáricas ou heterobáricas entre espécies de diferentes portes e nas duas fisionomias de Cerrado será avaliada pelo teste do Qui-quadrado. Os índices fisiológicos e os valores de densidade estomática dos diferentes tipos foliares serão submetidos à análise de variância e teste de Tukey (5% de significância); a comparação entre as fisionomias de Cerrado será realizada por análise conjunta.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, TATIANE MARIA; ESTEVES AMARO, AMANDA CRISTINA; FERNANDES BOARO, CARMEN SILVIA; MENDES, KATIANE REIS; DE MELO SILVA, STEFANY CRISTINA; FERREIRA JUNIOR, VALDEMIR; MACHADO, SILVIA RODRIGUES. Four distinct leaf types in the Brazilian Cerrado, based on bundle sheath extension morphology. BOTANY, v. 95, n. 12, p. 1171-1178, DEC 2017. Citações Web of Science: 1.
MENDES, KATIANE REIS; MACHADO, SILVIA RODRIGUES; ESTEVES AMARO, AMANDA CRISTINA; MELO SILVA, STEFANY CRISTINA; FERREIRA JUNIOR, VALDEMIR; RODRIGUES, TATIANE MARIA. Distribution of homobaric and heterobaric leafed species in the Brazilian Cerrado and seasonal semideciduous forests. FLORA, v. 225, p. 52-59, NOV 2016. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.