Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da farinha do mesocarpo e do óleo das amêndoas de babaçu (Orbignya phalerata, Mart.) obtidos via extração com fluido supercrítico e líquido pressurizado - estudos pré-clínicos e toxicológicos

Processo: 15/04729-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Alessandra Lopes de Oliveira
Beneficiário:Naila Albertina de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Extração com fluido supercrítico   Toxicidade aguda   Digestibilidade

Resumo

Esta proposta de pesquisa visa estudar a composição fito-química e o potencial de toxicidade in vivo da farinha do mesocarpo e dos extratos do mesocarpo e das castanhas do Babaçu, uma matriz vegetal nativa da flora brasileira com atividades comprovadas. Os extratos serão obtidos utilizando técnicas inovadoras de extração que empregam baixas temperaturas e evitam a degradação de compostos termosensíveis. Tecnologia de extração com CO2 supercrítico (SFE), um método de obtenção de extratos livres de resíduos de solventes orgânicos; e extração com líquido pressurizado (PLE), uma técnica de extração rápida, eficiente e seletiva. Os extratos obtidos em diferentes condições operacionais dos dois diferentes processos serão avaliados quanto à presença de substâncias que possam ser relacionadas às atividades atribuídas à farinha, como compostos fenólicos, terpenos e voláteis. A atividade antioxidante destes extratos será avaliada por ensaios de inibição dos radicais DPPH e ABTS. Os extratos obtidos nas condições otimizadas dos diferentes métodos que propiciem maiores teores de compostos com atividade serão avaliados quanto à toxicidade aguda e em doses repetidas além de seus efeitos em parâmetros histológicos, hematológicos e bioquímicos utilizando ratos como sistema in vivo. Estudos de digestibilidade in vitro serão realizados para avaliar a biodisponibilidade e a biotransformação dos compostos ativos. Este estudo contribuirá com a geração de resultados originais que servirão como base para o desenvolvimento e regulamentação da farinha e dos extratos de Babaçu, um fitoterápico já utilizado na medicina popular, contribuindo para a atualização de dados nas agências regulatórias nacionais e internacionais.No que tange ao território nacional, o presente projeto de pesquisa poderá contribuir consideravelmente com a regulamentação do consumo do extrato do mesocarpo do Babaçu como um fitoterápico, e/ou nutracêutico do Nordeste brasileiro amplamente utilizado sem o controle que elucide efeitos terapêuticos ou tóxicos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE OLIVEIRA, NAILA ALBERTINA; MAZZALI, MONICA ROBERTA; FUKUMASU, HEIDGE; GONCALVES, CINTIA BERNARDO; DE OLIVEIRA, ALESSANDRA LOPES. Composition and physical properties of babassu seed (Orbignya phalerata) oil obtained by supercritical CO2 extraction. JOURNAL OF SUPERCRITICAL FLUIDS, v. 150, p. 21-29, AUG 2019. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.