Busca avançada
Ano de início
Entree

Superfícies micro e nanoestruturadas via eletroquímica: da morfologia às propriedades

Processo: 15/12786-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Susana Inés Córdoba de Torresi
Beneficiário:Rafael Neri Prystaj Colombo
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/10930-9 - Design de nano-sistemas multi-metálicos para sensores ópticos, BE.EP.DD
Assunto(s):Eletroquímica   Materiais nanoestruturados   Nanopartículas   Técnicas biossensoriais   Espectroscopia Raman

Resumo

O desenvolvimento da tecnologia relacionada à síntese e caracterização de estruturas em ordem micro e nanométrica permitiu que diversos processos de modificação superficial fossem descobertos e trouxeram novas propriedades para velhos materiais, como eletrodos planares convencionais e wafers de silício. Diversos trabalhos surgiram enumerando benefícios na utilização de estruturas com geometria definida como bastões, esferas, cubos, prismas, anéis e dendritos nos mais diversos segmentos dependentes de características térmicas, ópticas e eletrônicas, em destaque a espectroscopia Raman intensificada por superfície (SERS), a elaboração de conjuntos de (bio) sensores e a confecção de substratos voltados ao desempenho catalítico. Neste contexto surge a oportunidade de estudar a aplicação da eletroquímica em processos de síntese controlada de estruturas morfologicamente bem-definidas, buscando somar as características de versatilidade, baixo custo, velocidade de produção, reprodutibilidade e desempenho prático frente ao design planejado de plataformas com o emprego de nanoestruturas de carbono (especialmente o óxido de grafeno reduzido), metais nobres como prata, ouro e platina e agentes secundários tal como polímeros condutores. O emprego de tais plataformas em espectroscopia e sensoriamento deverá trazer novas visões sobre a relação estrutura-propriedade e permitir que procedimentos de mesma natureza sejam criados com maior clareza. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PRYSTAJ COLOMBO, RAFAEL NERI; MOREIRA, RODRIGO VALIM; ARAUJO DE FARIA, DALVA LUCIA; CORDOBA DE TORRESI, SUSANA INES. Controlling Gold Electrodeposition on Porous Polymeric Templates Produced by the Breath-Figure Method: Fabrication of SERS-Active Surfaces. CHEMPLUSCHEM, v. 84, n. 8, p. 1052-1059, AUG 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.