Busca avançada
Ano de início
Entree

A Música Teatro de Gilberto Mendes: Em busca de uma linguagem composicional

Processo: 15/07985-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Silvia Maria Pires Cabrera Berg
Beneficiário:Fernando de Oliveira Magre
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/07615-9 - A Música Teatro de Gilberto Mendes: em busca de uma linguagem composicional, BE.EP.MS
Assunto(s):Análise musical

Resumo

O presente projeto tem por objetivo investigar as características idiomáticas do Teatro-musical do compositor brasileiro Gilberto Mendes. Pretende-se observar as formas de relacionamento entre Música e Teatro criadas por ele em obras de diferentes períodos e características, e deste modo, compreender sua linguagem composicional para o gênero. Para tal, será utilizada como ferramenta analítica uma adaptação do conceito de Intermidialidade, a partir das categorias propostas por Irina Rajewsky (2012) e Claus Clüver (2006). Aliada à análise intermidiática, será utilizado também como ferramenta analítica os três modelos básicos de análise multimidiática propostos por Nicholas Cook (1998). Através da aplicação de seus testes de similaridade e diferença, será possível compreender o jogo de forças e polarizações existentes nos teatros-musicais de Mendes, além de compreender a rede de significações presentes em suas obras. Intermidialidade e Multimídia dizem respeito a formas de relacionamento entre "mídias"; importante ressaltar que ambos os autores utilizam o termo "mídia" para se referir tanto às mídias eletrônicas e digitais, quanto às expressões artísticas em geral. Com a utilização dessas ferramentas, o Teatro-musical de Gilberto Mendes poderá ser compreendido sob uma perspectiva que valorize as relações inter/multimidiáticas presentes em sua constituição. Desta forma, a pesquisa situará o compositor como um dos criadores do gênero e ampliará a discussão ao redor de sua obra, podendo servir de subsídio para trabalhos de pesquisadores que se interessem por obras que se utilizam da interdisciplinaridade e para os processos de teoria e análise musical como um todo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MAGRE, Fernando de Oliveira. A música-teatro de Gilberto Mendes e seus processos composicionais. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Comunicações e Artes São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.