Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação da eficácia da estimulação transcraniana anodal por corrente contínua em duas localizações: eletroencefalograma e hotspot derivado da estimulação magnética transcraniana

Processo: 15/16744-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Tania de Fatima Salvini
Beneficiário:Maíra Carolina Lixandrão
Supervisor no Exterior: Bernadette Gillick
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Minnesota (U of M), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/00200-2 - Análise da cinemática 3-D da escápula e eletromiografia durante a elevação do braço em hemiparéticos crônicos: implicações para a reabilitação do membro superior, BP.DD
Assunto(s):Acidente vascular cerebral

Resumo

Introdução: Estimulação cerebral não invasiva é uma técnica que influi na excitabilidade cerebral e tem sido usada em conjunto com intervenções para potencializar a reabilitação de pacientes pós acidente vascular encefálico. Uma dessas técnicas é a estimulação transcraniana por corrente continua, que envolve a colocação de eletrodos em áreas corticais alvo, como o córtex motor primário. Existem dois métodos para determinação da localização dos eletrodos: As coordenadas internacionais do Eletroencefalograma 10/20 e o hotspot motor derivado da Estimulação Magnética Transcraniana (EMT). Ainda não há na literatura uma metodologia consistente em relação a colocação de eletrodos para aplicação das técnicas de neuromodulação. Os resultados desse estudo irão fornecer evidências sobre a eficácia da estimulação em diferentes localizações. Esses achados podem guiar o posicionamento de eletrodos em estudos futuros envolvendo a aplicação de estimulação transcraniana por corrente contínua em pacientes neurológicos. Objetivos: Determinar a eficácia da estimulação transcraniana por corrente contínua na localização do córtex motor através de dois métodos: 1) As coordenadas internacionais do eletroencefalograma 10/20 e 2) Teste de excitabilidade cortical através da EMT em adultos saudáveis medida através da excitabilidade cortical e desempenho comportamental. Métodos: Serão incluídos no estudo 20 adultos saudáveis entre 18-40 anos de idade, sem doenças neurológicas, sem objetos metálicos na cabeça ou pescoço, gravidez, lesão cerebral adquirida, ou história de convulsões. Os participantes serão posicionado sentados confortavelmente em uma cadeira reclinável e um eletrodo de eletromiografia de superfície será colocado sobre o músculo interósseo dorsal primeiro da mão dominante. Esse eletrodo irá registrar o potencial evocado motor (PEM) resultante da estimulação magnética no córtex motor primário contralateral. Em seguida, o limiar da EMT para ativação do músculo alvo será determinado. Será usado uma bobina de 70-mm em forma de oito conectada a máquina Magstim 200. A EMT pré-teste irá incluir a determinação da linha de base da inibição intracortical de curta duração (IICD) e a amplitude dos PEMs. Essas medidas irão informar aos investigadores sobre o desempenho motor. O experimento 1 envolverá 20 minutos de intervenção anodal de Estimulação Transcraniana por Corrente Contínua no córtex motor primário do hemisfério dominante conforme localizado pelo sistema de Eletroencefalograma 10/20. O sistema de localização do córtex motor primário pelo Eletroencefalograma 10/20 será obtido utilizando uma fita métrica. O experimento 2 envolverá 20 minutos de intervenção anodal de Estimulação Transcraniana por Corrente Contínua para o córtex motor primário do hemisfério dominante conforme localizado pelo hotspot motor derivado da EMT. O dispositivo Soterix 1x1 será utilizado para a Estímulação Transcraniana por Corrente Contínua. Os eletrodos serão fixados com uma faixa elástica de cabeça. A intensidade do estímulo será de 1,0 mA. As medidas de IICD e amplitude do PEM serão repetidas após a intervenção com a estimulação transcraniana. Os sinais vitais e os sintomas reportados pelos sujeitos serão incluídos para desenvolver um perfil de segurança para cada participante. Análise Estatística: Uma análise descritiva será utilizada para analisar os dados da linha de linha de base, dados demográficos e dados de segurança. Para descrever as variáveis contínuas serão utilizados média e desvio padrão. As variáveis categóricas serão descritas por frequência (%). Um intervalo de confiança de 95% será calculado e relatado com as médias e proporções para avaliação da segurança. Hipóteses: Em adultos saudáveis, a localização do córtex motor primário utilizando o protocolo de hotspot motor derivado da EMT irá resultar em maior excitabilidade cortical e melhor desempenho motor quando comparado a localização do córtex motor primário pelo método de Encefalograma 10/20.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LIXANDRAO, MAIRA C.; STINEAR, JAMES W.; RICH, TONYA; CHEN, CHAO-YING; FEYMA, TIM; MEEKINS, GREGG D.; GILLICK, BERNADETTE T. EMG breakthrough during cortical silent period in congenital hemiparesis: a descriptive case series. BRAZILIAN JOURNAL OF PHYSICAL THERAPY, v. 24, n. 1, p. 20-29, JAN-FEB 2020. Citações Web of Science: 0.
CHEN, MO; LIXANDRAO, MAIRA C.; PRUDENTE, CECILIA N.; SUMMERS, REBEKAH L. S.; KIMBERLEY, TERESA J. Short Interval Intracortical Inhibition Responses to Low-Frequency Repetitive Transcranial Magnetic Stimulation Under Multiple Interstimulus Intervals and Conditioning Intensities. NEUROMODULATION, v. 21, n. 4, p. 368-375, JUN 2018. Citações Web of Science: 0.
LIXANDRAO, MAIRA CAROLINA; CAMARGO, PAULA REZENDE; NEVES SCARPA, CAROLINE EVELIN; PRADO-MEDEIROS, CHRISTIANE LANATOVITZ; SALVINI, TANIA FATIMA. Bilateral changes in 3-D scapular kinematics in individuals with chronic stroke. CLINICAL BIOMECHANICS, v. 47, p. 79-86, AUG 2017. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.