Busca avançada
Ano de início
Entree

Os eleitores votam por educação? Evidência das eleições municipais brasileiras

Processo: 15/16095-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economia dos Recursos Humanos
Pesquisador responsável:Fernanda Gonçalves de La Fuente Estevan
Beneficiário:Matheus de Mello de Assunção
Supervisor no Exterior: Thomas Fujiwara
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Princeton University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/20307-6 - Os eleitores votam por educação? Evidência das eleições municipais brasileiras, BP.MS
Assunto(s):Votação   Educação escolar básica

Resumo

Este projeto de pesquisa visa proporcionar nova evidência estimando o impacto de uma mudança nos gastos municipais com educação básica nas chances de reeleição de um prefeito. Para tanto, utiliza como variação exógena a implantação de transferências federais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valorização do Professor (FUNDEF), entre 1998 e 2000. A educação básica é amplamente citada na literatura em economia como um fator essencial para o desenvolvimento de um país. Além disso, pelas externalidades que gera, é vista como um serviço cuja oferta ideal requer financiamento ou provisão públicos. No Brasil, como em outros países , é constitucionalmente estabelecida como responsabilidade dos estados e municípios. A demanda dos eleitores por educação, no entanto, é pouco conhecida.