Busca avançada
Ano de início
Entree

Automação da aquisição de dados de impedância em sensores e biossensores

Processo: 15/16604-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física
Pesquisador responsável:Osvaldo Novais de Oliveira Junior
Beneficiário:Lorenzo Antonio Buscaglia
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/14262-7 - Filmes nanoestruturados de materiais de interesse biológico, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):16/23083-7 - Prototipagem rápida e validação de sensores vestíveis de próxima geração para monitoramento de saúde pessoal, BE.EP.IC
Assunto(s):Técnicas biossensoriais   Sensores

Resumo

Sensores e biossensores que usam espectroscopia de impedância como princípio de detecção vêm sendo estudados em muitos grupos de pesquisa no mundo, inclusive o Grupo de Polímeros Bernhard Gross do Instituto de Física de São Carlos. Esses tipos de sensores apresentam eficiência na detecção e possível baixo custo do dispositivo final, o que requer automatização da aquisição e processamento dos dados, principalmente para que o sensoriamento seja efetuado sem necessidade de equipamentos caros. Neste Projeto, será desenvolvido um sistema de aquisição automática de dados que pode ser acoplado a qualquer tipo de arranjo de sensores ou biossensores baseados em espectroscopia de impedância. Para teste com o sistema serão usados biossensores para detecção de doenças, permitindo ao candidato aprendizado multidisciplinar. O sistema será composto por uma placa multiplexadora que conecte o medidor de impedância ao conjunto de unidades sensoriais, com aquisição automática dos dados dessas unidades. O objetivo é integrar o sistema de aquisição aos procedimentos de medidas de impedância em sensores e biossensores realizadas no Grupo de Polímeros.