Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da terapia probiótica na periodontite associada ao Diabetes mellitus: estudo histológico e histométrico em ratos

Processo: 15/15529-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Michel Reis Messora
Beneficiário:Laura Cacheta Waldemarin
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Periodontite   Doenças periodontais   Diabetes mellitus   Probióticos   Diagnóstico histológico   Histometria   Modelos animais

Resumo

Considerando os efeitos antidiabéticos, antibacterianos e imumoduladores dos probióticos (PROB), a utilização dos mesmos para prevenção e tratamento da doença periodontal (DP) em indivíduos diabéticos parece ser uma estratégia promissora. O propósito deste estudo é avaliar, por meio de análise morfométrica, o efeito da administração sistêmica da cepa Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 na DP induzida por ligadura em ratos com diabetes mellitus (DM) induzido pela administração de estreptozotocina (STZ). 76 ratos serão divididos em 8 grupos: DM, DM/PROB, DM/DP, DM/DP/PROB, C, C/PROB, C/DP e C/DP/PROB. Nos grupos DP, a periodontite experimental será induzida com a colocação de ligaduras de seda ao redor dos primeiros molares inferiores durante 14 dias. Nos grupos PROB, o probiótico será administrado diariamente aos animais com início 14 dias antes da indução da DP. Nos grupos DM, os animais serão submetidos à uma dose intraperitoneal de STZ para indução do DM. Nos grupos C, os animais não serão submetidos à indução do DM. A eutanásia de todos os animais ocorrerá em 5 semanas após o início do experimento. As mandíbulas serão dissecadas e análise histomorfométrica será realizada. As mensurações incluirão avaliação da perda de inserção na raiz distal do primeiro molar mandibular e da área sem osso ou ligamento periodontal na região de furca do primeiro molar mandibular. Todos os dados obtidos serão submetidos à análise estatística (p<0,05).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)