Busca avançada
Ano de início
Entree

Revestimentos de poliuretanos derivados de óleos vegetais com e sem adição de inibidores de corrosão: propriedades químicas, estruturais e de resistencia à corrosão.

Processo: 15/10554-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Assis Vicente Benedetti
Beneficiário:Jéssica Verger Nardeli
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/09040-9 - Avaliação da propriedade de "self-healing" de revestimentos de poliuretanos derivados de óleos vegetais com e sem adição de inibidores de corrosão com recurso a técnicas eletroquímicas localizadas e estudo das propriedades químicas, estruturais., BE.EP.DR
Assunto(s):Corrosão   Inibidores

Resumo

Neste projeto é proposta a preparação e caracterização morfológica, química e eletroquímica de revestimentos orgânicos obtidos na forma de resinas de poliuretanos e sintetizados a partir de óleos vegetais e, tanto quanto possível, de acordo com os preceitos da química verde. Os revestimentos orgânicos se destinam a proteger ligas de alumínio como ASTM 1200, e ASTM 5052 ou ASTM 7075 contra a corrosão em meios agressivos. Vários tipos de microscopia, espectroscopia na região do infravermelho, de espalhamento Raman (micro Raman) e técnicas eletroquímicas convencionais e localizadas serão empregados neste estudo. Os revestimentos orgânicos serão obtidos em quatro etapas: (1) transesterificação do óleo de crambe na presença de metanol e hidróxido de potássio, variando-se a quantidade molar de ambos os reagentes, seguida da caracterização dos produtos; (2) síntese dos poliésteres hidroxilados por meio de uma poliesterificação utilizando o éster obtido em (1) com diferentes proporções de anidrido maléico ou anidrido ftálico e trimetilolpropano, e monitoramento da formação do produto; (3) mistura do diisocianato aromático (tolueno diisocianato - TDI) com solventes oxigenados tais como acetato de etila e acetato de etilglicol; (4) obtenção do revestimento de poliuretano pela mistura em diferentes proporções dos poliéstes hidroxilados (2) com os pré-polímeros obtidos em (3). Nesta etapa (4) serão incorporados inibidores de corrosão obtidos de produtos naturais. Essas misturas serão aplicadas sobre as ligas de alumínio por aspersão, dipping ou outro procedimento de aplicação de revestimentos. O processo de cura dos revestimentos será conduzido em temperatura ambiente e em condições aceleradas. Após a caracterização química estrutural e morfológica dos revestimentos será realizado o estudo eletroquímico. A resistência à corrosão e o processo de degradação do filme (longevidade da ação do revestimento), em solução aquosa de NaCl 3,5%, serão estudadas por medidas de potencial em circuito aberto (EOCP), curvas de polarização linear (LP) e cíclica (CP), resistência dc, espectroscopia de impedância eletroquímica (EIS) e técnicas eletroquímicas localizadas como espectroscopia de impedância eletroquímica localizada (LEIS) e a técnica de varredura com eletrodo vibrante (SVET). Será estudado o efeito da adição de inibidores de corrosão naturais derivados da planta aguapé (etapa 4) apropriados às ligas de alumínio e estimada a porosidade dos revestimentos a partir de medidas eletroquímicas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NARDELI, JESSICA V.; FUGIVARA, CECILIO S.; TARYBA, MARYNA; MONTEMOR, M. F.; BENEDETTI, ASSIS V. Biobased self-healing polyurethane coating with Zn micro-flakes for corrosion protection of AA7475. CHEMICAL ENGINEERING JOURNAL, v. 404, JAN 15 2021. Citações Web of Science: 1.
NARDELI, JESSICA V.; FUGIVARA, CECILIO S.; TARYBA, MARYNA; MONTEMOR, M. F.; BENEDETTI, ASSIS V. Self-healing ability based on hydrogen bonds in organic coatings for corrosion protection of AA1200. Corrosion Science, v. 177, DEC 2020. Citações Web of Science: 0.
NARDELI, JESSICA V.; FUGIVARA, CECILIO S.; TARYBA, MARYNA; MONTEMOR, M. F.; RIBEIRO, SIDNEY J. L.; BENEDETTI, ASSIS V. Novel healing coatings based on natural-derived polyurethane modified with tannins for corrosion protection of AA2024-T3. Corrosion Science, v. 162, JAN 2020. Citações Web of Science: 2.
NARDELI, JESSICA VERGER; FUGIVARA, CECILIO SADAO; PEREIRA PINTO, ELAINE RUZGUS; POLITO, WAGNER LUIZ; MESSADDEQ, YOUNES; LIMA RIBEIRO, SIDNEY JOSE; BENEDETTI, ASSIS VICENTE. Preparation of Polyurethane Monolithic Resins and Modification with a Condensed Tannin-Yielding Self-Healing Property. POLYMERS, v. 11, n. 11 NOV 2019. Citações Web of Science: 0.
NARDELI, V, JESSICA; FUGIVARA, CECILIO S.; TARYBA, MARYNA; PINTO, ELAINE R. P.; MONTEMOR, M. F.; BENEDETTI, V, ASSIS. Tannin: A natural corrosion inhibitor for aluminum alloys. Progress in Organic Coatings, v. 135, p. 368-381, OCT 2019. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.