Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação funcional de microRNAs na proliferação e diferenciação celular da linhagem de carcinoma embrionário NTera-2 por high content screening

Processo: 15/15864-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de outubro de 2015
Vigência (Término): 14 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Rodrigo Alexandre Panepucci
Beneficiário:Ildercílio Mota de Souza Lima
Supervisor no Exterior: Miguel Luis Cunha Mano
Instituição-sede: Hemocentro de Ribeirão Preto. Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP (HCMRP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Local de pesquisa : International Centre for Genetic Engineering and Biotechnology (ICGEB), Itália  
Vinculado à bolsa:13/27061-0 - O papel dos microRNAs na proliferação e diferenciação celular da linhagem pluripotente de carcinoma embrionário humano NTera-2, BP.DR
Assunto(s):Diferenciação celular   Células-tronco pluripotentes   Proliferação celular   Células-tronco

Resumo

A pluripotência e a capacidade de auto-renovação são propriedades distintas das células-tronco embrionárias (CTE) que as confere um grande potencial para a medicina regenerativas. O compreendimento das redes regulatórias responsável pelo fenótipo pluripotente nas CTE levou à identificação de um conjunto de fatores de transcrição (FT) que, quando expressos em células somáticas, são capazes de induzir o fenótipo de pluripotência, gerando células-tronco pluripotentes induzidas (iPSC). Somados à rede regulatória de FT, pequenas moléculas de RNA, conhecidas como microRNAs (miRNAs), são capazes de afetar a expressão gênica ao se ligar a mRNAs alvos, induzindo a repressão da tradução proteica, e alguns destes miRNAs são expressos especialmente em células-tronco pluripotentes (CTP). Foi demonstrado que a expressão ectópica deste miRNAs foi capaz de melhorar a geração de iPSC. Embora muito trabalho tenha sido voltado para a caracterização dos miRNAs diferencialmente expressos em células diferenciadas e indiferenciadas, há uma falta de estudos sistemáticos objetivando a definição dos papéis dos miRNAs conhecidos na biologia das CTP. Somente alguns poucos trabalhos avaliaram a função de algumas centenas de miRNAs na proliferação de CTE ou no processo de reprogramação. Apesar da quantidade reduzida, os estudos mencionados anteriormente permitiram apontar funções importantes de miRNAs na regulação da autorenovação, pluripotência e diferenciação celular em CTP de camundongo. Estudos funcinais são fundamentais para elucidar os papeis dos miRNAs na biologia das CTP e para acelerar o progresso neste importante campo de pesquisa. Com isso em mente, iremos investigar sistematicamente o papel de todos os miRNAs humanos anotados na regulação da pluripotência e na proliferação celular em uma linhagem pluripotente de carcinoma embrionário (NTera-2), utilizando-se de abordagens experimentais baseadas em High Content Screening por microscopia de fluorescência. Desta forma, este projeto nos trará um entendimento sem precedentes do papel dos miRNAs humanos na proliferação celular e pluripotência. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PANEPUCCI, RODRIGO ALEXANDRE; DE SOUZA LIMA, ILDERCILIO MOTA. Arrayed functional genetic screenings in pluripotency reprogramming and differentiation. STEM CELL RESEARCH & THERAPY, v. 10, JAN 11 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.