Busca avançada
Ano de início
Entree

Microcosmos e o papel da microbiota ativa no ciclo do metano em solos sob florestas e pastagem da amazônia oriental

Processo: 15/12282-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 03 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Tsai Siu Mui
Beneficiário:Fernanda Mancini Nakamura
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50320-4 - Dimensões US-BIOTA - São Paulo: pesquisa colaborativa: integrando as dimensões da biodiversidade microbiana ao longo de áreas de alteração do uso da terra em florestas tropicais, AP.BTA.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):17/09952-5 - Revelando a microbiota ativa do solo no ciclo do metano na conversão de floresta por marcação isotópica: parte II, BE.EP.DR   17/09616-5 - Revelando a microbiota ativa do solo no ciclo do metano na conversão de floresta por marcação isotópica, BE.EP.DR
Assunto(s):Metagenoma

Resumo

As mudanças no uso da terra influenciam a dinâmica dos solos afetando a microbiota e, consequentemente, os ciclos biogeoquímicos. O bioma Amazônia está sofrendo mudanças drásticas na sua cobertura vegetal nas últimas décadas, e dentre estes solos encontram-se a Terra Preta da Amazônia (TPA) e solos manejados com plantações e pastagens cuja queima é prática rotineira. As TPAs são tidas como um dos solos mais férteis do mundo e, apesar de muitos estudos para entender sua dinâmica, não se compreende todos os fatores de sua fertilidade e da ecologia desses solos em relação ao ciclo do carbono,. As emissões de gases do efeito estufa (GEE) são a pauta de estudos ao redor do mundo e mudanças de uso da terra em grandes territórios como o da Floresta da Amazônia são preocupantes pelo seu avanço e falta de conhecimento de suas influências nos ciclos biogeoquímicos dos solos tropicais. Outra preocupação é a resposta das concentrações crescentes dos GEEs pelos solos. Estudos moleculares avançados aliados à incorporação de isótopos estáveis na microbiota podem responder questões sobre quem são os produtores e consumidores de metano; quais suas relações com os componentes químicos e físicos do solo; e o quanto influenciam na dinâmica do metano nesses solos tropicais. Este estudo será inovador no sentido de que nunca se avaliou o consumo e produção de metano por metatranscriptômica e metagenômica após Stable Isotope Probing em solos amazônicos de diferentes usos e manejos. As possíveis respostas seriam como a microbiota atua no ciclo do metano nas diferentes coberturas vegetais, além da possibilidade de descoberta de novos procariotos e genes de interesse biotecnológico.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VENTURINI, ANDRESSA MONTEIRO; NAKAMURA, FERNANDA MANCINI; GONTIJO, JULIA BRANDAO; DA FRANCA, ALINE GIOVANA; YOSHIURA, CAIO AUGUSTO; MANDRO, JESSICA ADRIELE; TSAI, SIU MUI. Robust DNA protocols for tropical soils. HELIYON, v. 6, n. 5 MAY 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.