Busca avançada
Ano de início
Entree

Cidades e mercados: migrações e rotas comerciais de São Paulo a Guangzhou e Yiwu

Processo: 15/15056-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Urbana
Pesquisador responsável:Alvaro Augusto Comin
Beneficiário:Carlos Freire da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Globalização

Resumo

A partir da abertura econômica da China no final da década de 1970, vem se constituindo uma dinâmica socioeconômica que liga centros atacadistas entre China e Brasil através de fluxos comerciais e mobilidades migratórias. Trata-se de rotas que abastecem os mercados populares brasileiros com a mais variada gama de mercadorias, mas que também envolvem uma constante circulação de pessoas, sobretudo, entre São Paulo e as cidades chinesas de Guangzhou e Yiwu. Este projeto propõe uma pesquisa acerca do desenvolvimento dessas rotas comerciais em uma dupla perspectiva: em primeiro lugar, a partir das mudanças do regime de mobilidade na China, com o aumento da migração, as políticas de aproximação com os chineses no exterior e de incentivos para promoção do comércio com a terra natal; em segundo lugar, as políticas de distribuição e circulação promovidas a partir de Guangzhou e Yiwu, através de feiras e mercados organizados pelo Estado que agrupam milhares de pequenos produtores e atraem comerciantes de todo o mundo. A análise de como cidades e mercados se comunicam através de rotas de comércio e mobilidades migratórias constitui uma chave para problematizarmos o desenvolvimento de outras geografias do capitalismo articuladas a partir do "eixo sul-sul", onde a China assume centralidade. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.