Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel da citoadesão e dos receptores do tipo Toll (TLRs) na imunopatogênese da síndrome do desconforto respiratório agudo murino associado à malária grave

Processo: 13/20718-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Sabrina Epiphanio
Beneficiário:Luana dos Santos Ortolan
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Plasmodium berghei   Malária   Síndrome do desconforto respiratório agudo

Resumo

A malária é um dos maiores problemas de saúde global, especialmente nas regiões tropicais e subtropicais. No Brasil, 99% dos casos concentram-se na Amazônia Legal onde infecções por Plasmodium vivax são as principais causas da doença e podem ser fatais. Infecções por Plasmodium ssp. podem levar à um quadro respiratório grave, com complicações pulmonares denominadas lesão pulmonar aguda (LPA) e síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA). As complicações pulmonares são caracterizadas pela diminuição da capacidade de trocas gasosas, aumento da atividade leucocitária e de mediadores inflamatórios nos pulmões. O grande número de fatores potencialmente envolvidos associados às grandes dificuldades no estudo da doença em humanos faz com que as bases moleculares desta disfunção pulmonar permaneçam ainda mal compreendidas, levando a uma alta mortalidade nas unidades de saúde. Mecanismos ligados à imunidade inata têm se mostrado importantes para o controle precoce da infecção pelo plasmódio por meio do aumento de citocinas e ativação da resposta imune celular. Entretanto, uma resposta inflamatória excessiva e/ou prolongada contribui na patogênese e sintomas associados à malária grave. Receptores para padrões moleculares do tipo Toll desempenham um papel crítico na detecção de patógenos e ativação da resposta imune inata. Outros aspectos relevantes que podem estar associados ao desenvolvimento da malária grave são a habilidade de eritrócitos parasitados de serem sequestrados na microvasculatura dos tecidos, a ativação de células endoteliais pulmonares e o aumento da permeabilidade vascular pulmonar. Assim, este projeto visa compreender o papel de alguns componentes da imunidade inata na LPA/SDRA e o efeito da adesão dos eritrócitos infectados às células endoteliais, estudo que será abordado no modelo murino de infecção. O conhecimento dos aspectos da resposta imune inata trará uma importante contribuição para o entendimento da LPA/SDRA associada à malária, além de possibilitar estudos direcionados ao desenvolvimento de novas metodologias para o tratamento da doença.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SERCUNDES, MICHELLE K.; ORTOLAN, LUANA S.; DEBONE, DANIELA; SOEIRO-PEREIRA, PAULO V.; GOMES, ELIANE; AITKEN, ELIZABETH H.; NETO, ANTONIO CONDINO; RUSSO, MOMTCHILO; D' IMPERIO LIMA, MARIA R.; ALVAREZ, JOSE M.; PORTUGAL, SILVIA; MARINHO, CLAUDIO R. F.; EPIPHANIO, SABRINA. Targeting Neutrophils to Prevent Malaria-Associated Acute Lung Injury/Acute Respiratory Distress Syndrome in Mice. PLOS PATHOGENS, v. 12, n. 12 DEC 2016. Citações Web of Science: 29.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ORTOLAN, Luana dos Santos. Citoadesão na imunopatogênese da síndrome do desconforto respiratório agudo associado à malária.. 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.