Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de software para sensor minimamente invasivo de pressão intracraniana

Processo: 15/17662-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Engenharia Médica
Pesquisador responsável:Sergio Mascarenhas Oliveira
Beneficiário:Vinícius Heitor Frasse de Pádua
Empresa:Braincare Desenvolvimento e Inovação Tecnológica Ltda
Vinculado ao auxílio:14/50618-3 - Desenvolvimento de sensor indutivo minimamente invasivo para monitorar a pressão intracraniana, AP.PIPE
Assunto(s):Desenvolvimento de software   Softwares   Pressão intracraniana

Resumo

A pressão intracraniana (PIC) é um importante parâmetro médico, indica o a pressão exercida sobre o encéfalo, pressão esta que quando aumentada pode causar lesões teciduais e consequentemente sequelas ou até mesmo a morte do paciente. Os métodos para monitorar a PIC atualmente no mercado são invasivos, ou seja, é necessário trepanar o crânio e inserir em seu interior o sensor de pressão. A equipe Braincare trabalha há 7 anos no desenvolvimento de sensores minimamente e não invasivos para a pressão intracraniano, sendo que a empresa já possui patentes no Brasil e exterior e está em processo de certificação de seus produtos na ANVISA para a venda no mercado médico. A Braincare desenvolveu um novo protótipo para monitorar a PIC de forma minimamente, por meio de um parafuso especial instalado no crânio do paciente. Este método traz uma série de vantagens aos anteriormente mencionados, e o bolsista irá trabalhar no desenvolvimento deste protótipo. O beneficiário da bolsa irá ser treinado no desenvolvimento de softwares usando a ferramenta Labview para a produção dos softwares para aquisição e análise dos dados dos monitores desenvolvidos pela empresa.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.