Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise Ecotoxicológica do sedimento da Baía de Guanabara (RJ) através de Ensaios de Bioacumulação e Avaliação e Identificação de Toxicidade (AIT)

Processo: 15/13143-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Básico
Pesquisador responsável:Denis Moledo de Souza Abessa
Beneficiário:Bruno Galvão de Campos
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB-CLP). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Bioacumulação   Sedimentos   Ecotoxicologia   Poluição   Baía de Guanabara   Contaminação

Resumo

A Baía de Guanabara concentra aproximadamente 70% das indústrias do Estado do Rio de Janeiro. Seus resíduos produzidos, somados a carga de esgoto doméstico transformaram a região em umas das áreas mais poluídas da costa Brasileira. Dessa forma torna-se necessária avaliar a disponibilidade e os efeitos tóxicos dos contaminantes presentes na região. Para tal, os sedimentos serão coletados em quatro pontos distintos da Baía de Guanabara, e serão submetidos a testes de toxicidade aguda e crônica com o anfípodo Tiburonella viscana e o copépodo Nitocra sp, respectivamente, e testes de bioacumulação com o molusco Anomalocardia brasiliana. Para identificação de potenciais causas para toxicidade (caso observada), será utilizada técnica da Avaliação e Identificação da Toxicidade (TIE). Os sedimentos serão também analisados quanto à sedimentologia (granulometria, teores de matéria orgânica e CaCO3) e níveis de sulfetos volatilizáveis em ácido e metais simultaneamente extraíveis (AVS/SEM). Essas diversas linhas de evidencia nos possibilitarão identificar a qualidade do sedimento, quais os grupos de contaminantes estão presentes, e se estes estão biodisponiveis e bioacumulando na biota. Tais dados são fundamentais para a compreensão dos processos de contaminação da região e auxiliarão na gestão ambiental e no manejo dessas áreas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE CAMPOS, BRUNO GALVAO; MOREIRA, LUCAS BURUAEM; EUFRASIO PAULY, GUACIRA DE FIGUEIREDO; FEITOSA CRUZ, ANA CAROLINA; MONTE, CHRISTIANE DO NASCIMENTO; DIAS DA SILVA, LILIAN IRENE; DE CASTRO RODRIGUES, ANA PAULA; MACHADO, WILSON; DE SOUZA ABESSA, DENIS MOLEDO. Integrating multiple lines of evidence of sediment quality in a tropical bay (Guanabara Bay, Brazil). Marine Pollution Bulletin, v. 146, p. 925-934, SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAMPOS, Bruno Galvão de. Avaliação do risco ecológico de metais em sedimentos da Baía de Guanabara (RJ), através de um método escalonado baseado em múltiplas linhas de evidências. 2017. 74 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Câmpus do Litoral Paulista)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.