Busca avançada
Ano de início
Entree

Processamento e caracterização de um compósito híbrido metal fibra/fibra de carbono/matriz termoplástica

Processo: 15/16562-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 13 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial
Pesquisador responsável:Edson Cocchieri Botelho
Beneficiário:Beatriz Vaz de Bellis
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Assunto(s):Materiais compósitos de fibras   Materiais termoplásticos   Materiais compósitos de matriz polimérica   Ligas de titânio   Fibra de carbono   Propriedades de superfície

Resumo

O compósito metal fibra surgiu em 1980, tendo seus primeiros constituintes o ARALL (alumínio reforçado com fibras de aramida) e o GLARE (alumínio reforçado com fibras de vidro), ambos originados na Universidade de Tecnologia de Delft. Atualmente, o mais estudado e utilizado em aeronaves é o GLARE composto por uma resina epóxi, fibra de vidro e uma liga de alumínio. Este projeto de pesquisa tem caráter inovador pelo fato de utilizar outra liga metálica (liga de titânio), outra matriz polimérica (PPS) e outra fibra de reforço (fibra de carbono). Desta forma, como se trata de um compósito híbrido metal fibra pouco conhecido, é necessário o estudo das propriedades da superfície dessa liga e como tais propriedades podem ser modificadas, por meio de tratamentos eletroquímico e a plasma. Após os tratamentos, a superfície será caracterizada segundo a sua rugosidade, ângulo de contato e morfologia. Em seguida, será realizado o processamento desse compósito híbrido por meio de moldagem por compressão a quente. A última etapa será a caracterização desse material por meio dos ensaios de ultrassom, de cisalhamento interlaminar, de tenacidade à fratura, de cisalhamento por compressão e por microscopia eletrônica de varredura.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.