Busca avançada
Ano de início
Entree

Ciclopeptídeos de plantas de ambientes extremos (bioma Caatinga): caracterização, função, síntese e avaliação do potencial antitumoral e imunossupressor

Processo: 15/09533-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 03 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Vanderlan da Silva Bolzani
Beneficiário:Suelem Demuner Ramalho
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07600-3 - CIBFar - Centro de Inovação em Biodiversidade e Fármacos, AP.CEPID
Bolsa(s) vinculada(s):16/13148-4 - Abordagem peptidomimética de peptídeos cíclicos (orbitídeos) obtidos a partir de espécies de Jatropha brasileiras, BE.EP.PD
Assunto(s):Caatinga   Antineoplásicos   Produtos naturais

Resumo

Abrangendo cerca de 11 % do território brasileiro, a caatinga sendo um ecossistema extremófilo, possui uma biodiversidade pouco explorada, portanto, uma fonte rica de produtos naturais de importância ecológica e promissora na busca por novos protótipos de fármacos. Entre os produtos naturais biossintetizados, os ciclopeptídeos de origem vegetal são encontrados apenas em alguns grupos de táxons e constituem-se numa classe de substâncias destacadas por suas atividades biológicas e pelos raros estudos em plantas na nossa biodiversidade. Assim, a investigação científica desta classe pode auxiliar no entendimento funcional dos ciclopeptídeos, atualmente de grande relevância para o setor farmacêutico e de cosméticos, sendo modelos novos nas pesquisas de bioprospecção no Brasil. A linha de pesquisa em peptídeos no NuBBE é recente, e os dados químicos e biológicos obtidos, podem ser valiosos para a busca de peptídeos inéditos, hoje de destacado interesse para o desenvolvimento de bioprodutos (fármacos, cosméticos e biomateriais). O câncer e as doenças autoimunes são patologias em cresente avanço que acometem grande parcela da população mundial e os fármacos disponíveis para o tratamento enfrentam graves problemas. Assim a busca por terapias mais eficazes e menos tóxicas tornou-se um dos desafios da pesquisa científica. Propõe-se neste projeto o estudo do látex e demais partes de plantas provenientes da caatinga, pertencentes ao gênero Jatropha (Jatropha mollissima e Jatropha elliptica), gênero Euphorbia (Euphorbia tirucalli e Euphorbia comosa). No presente projeto, além dos peptídeos de Euphorbiaceae, já descritos na literatura pelas inúmeras propriedades terapêuticas, serão abordados também os peptídeos de Fabaceae, recentemente reportados na literatura. Estes tem despertado grande interesse dos grupos de pesquisa devido algumas propriedades cosméticas e farmacológicas inéditas ainda em estudo. O gênero Senna (Senna lechriosperma) sendo uma Fabaceae, foi escolhido para compor o presente projeto já que senas brasileiras vêm sendo investigadas pelo NuBBE há mais de 15 anos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RAMALHOL, SUELEM D.; PINTO, MERI EMILI F.; FERREIRA, DOUGLAS; BOLZANI, VANDERLAN S. Biologically Active Orbitides from the Euphorbiaceae Family. Planta Medica, v. 84, n. 9-10 JUL 2018. Citações Web of Science: 5.
NIVEA O. CALIXTO; MERI EMILI F. PINTO; SUELEM D. RAMALHO; MARCELA C. M. BURGER; ANTONIO F. BOBEY; MARIA CLAUDIA MARX YOUNG; VANDERLAN S. BOLZANI; ANGELO C. PINTO. The Genus Psychotria: Phytochemistry, Chemotaxonomy, Ethnopharmacology and Biological Properties. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 27, n. 8, p. 1355-1378, Ago. 2016.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.