Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência das interações top-down e bottom-up na habilidade de discriminação de contrates acústicos em crianças e adultos normais

Processo: 15/14760-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Caroline Nunes Rocha-Muniz
Beneficiário:Luciana Mizue Tanaka
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Audiologia   Percepção auditiva   Audição   Lateralidade   Maturação   Conforto acústico   Processamento auditivo

Resumo

A fala é um processo complexo que envolve atividades sensoriais e corticais. O processamento auditivo está intimamente relacionado à fala e envolve habilidades tais como a atenção seletiva, detecção do som, discriminação, localização, reconhecimento, compreensão e memória. Apesar do processamento auditivo ser amplamente estudado, ainda não há um consenso sobre a influência das tarefas cognitivas (interações top-down) em tarefas sensoriais auditivas (bottom-up). Além disso, os aspectos maturacionais e sua relação com o desempenho dessas tarefas também divergem entre as pesquisas. Dessa forma, o presente estudo tem como objetivo investigar a influência das interações top-down na discriminação e identificação dos contrastes acústicos de estímulos de fala (tarefa bottom-up) e na atenção direcionada (tarefa top-down) no teste de escuta dicótica consoante vogal em adultos e crianças. Além disso, este estudo pretende verificar se há influência da maturação, tanto no desempenho quanto para o efeito de lateralidade.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: