Busca avançada
Ano de início
Entree

Educação como poiesis

Processo: 15/10493-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Marcos Ferreira Santos
Beneficiário:Theda Cabrera Gonçalves Pereira
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Formação de professores

Resumo

O projeto visa investigar a contribuição do trabalho sobre si (GURDJIEFF, 1990, 1993, 2002, 2003; OUSPENSKY, 1995, 2009; SHAH, 1999; STANISLAVSKI, 1977; TOPORKOV, 1991, GROTOWSKI, 1997; BROOK, 1997, 2000; ETIEVAN, 1996) na formação inicial de educadores por meio da dramatização de contos filosóficos (CARRIÈRE, 2004, 2008) com o mitema (DURAND, 1988) iniciático (ELIADE, 2004, 2010; GUSDORF, 2003) do herói de estrutura mythica de sensibilidade dramática (FERREIRA-SANTOS, 1998). Visando uma contribuição à filosofia da educação e à composição dos curricula de formação inicial de educadores, recorre-se à perspectiva hermenêutico-fenomenológica (RICOEUR, 1988, 2006, 2013, 2014) da mitohermenêutica (ORTIZ-OSÉS, 2003; FERREIRA-SANTOS, 2005; FERREIRA-SANTOS & ALMEIDA, 2012) e à teoria geral do imaginário de Gilbert Durand (1988, 1995, 1997, 1998). Propõe-se a vivência curricular e de extensão universitária como forma de reflexão e formação ético-poética na ressignificação de conteúdos técnico - didáticos. Ao mesmo tempo, propomos vivências curriculares complementares à esta formação acadêmica inicial, registrando procedimentos e fundamentando a práxis.