Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores epigenéticos que controlam a diferenciação de células de leucemia aguda

Processo: 15/15886-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 10 de novembro de 2015
Vigência (Término): 09 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Francisco Garcia Soriano
Beneficiário:Ricardo Costa Petroni
Supervisor no Exterior: Yang Shi
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Harvard University, Boston, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/21026-8 - S-nitrosilação de histonas: nova via de regulação epigenética na sepse, BP.PD
Assunto(s):Oncologia   Leucemia mieloide aguda   Epigênese genética   Histonas

Resumo

O desenvolvimento do câncer é um processo complexo que envolve interações entre diversos tipos celulares, além da ativação de inúmeras vias de sinalização. A progressão do câncer pode estar relacionada com a combinação anormal de fatores genéticos e epigenéticos resultando na desregulação da expressão e função de diversos genes. Praticamente qualquer tipo celular pode dar origem ao desenvolvimento do câncer. A leucemia mieloide aguda (LMA) é um tipo de câncer nas células do sangue e na medula óssea que está entre as mais frequentes doenças hematológicas em pessoas adultas. A LMA é uma doença complexa na qual os avanços dos estudos na área da genética e epigenética tem colaborado com um maior e melhor entendimento de seu desenvolvimento e progressão. Modificações epigenéticas como a acetilação e a metilação das histonas desempenham um importante papel no surgimento e progressão da LMA. Diversos trabalhos têm relacionado as modificações de histonas ao desenvolvimento e malignidade de células tumorais. O óxido nítrico é uma molécula gasosa reativa que influencia diversos eventos fisiológicos e patofisiológicos no organismo. O NO vem sendo descrito como um importante fator na modulação de diferentes eventos relacionados com o câncer. Embora não esteja completamente elucidado, o NO possui um importante papel nas modificações epigenéticas. Sabe-se que o NO exerce a função de regular as modificações na cromatina e expressão de diversos genes relacionados com a proliferação de células tumorais. Nossos resultados prévios mostram que células da linhagem monociticas THP-1 (linhagem celular de leucemia aguda) apresentaram diferentes perfis de nitrosilação das histonas e este evento mostrou-se relacionado com a acetilação e metilação das histonas, influenciando a transcrição gênica. Apesar da grande evidência de que o NO através da nitrosilação de proteínas exerce um importante papel na cromatina e expressão gênica, os efeitos da S-nitrosilação de histonas relacionados com a diferenciação celular na LMA ainda é desconhecida. Assim, nosso objetivo é avaliar a influência da S-nitrosilação das histonas em diferentes linhagens de células de leucemia aguda relacionando com diferentes fatores epigenéticos que controlam a diferenciação das células leucêmicas. (AU)