Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem, caracterização e avaliação do potencial de biocontrole de uma nova quitinase proveniente da linhagem Bacillus thuringiensis(BrMgv02-JM63)

Processo: 15/11413-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:João Lúcio de Azevedo
Beneficiário:Jéssica Bueno de Campos
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Clonagem   Quitinases   Manguezais   Bacillus

Resumo

Um componente de grande importância nos manguezais é a quitina, constituinte da matéria orgânica de tal ambiente devido à grande presença de crustáceos nas áreas. Associado a esse polímero encontra-se o ciclo da quitina, fonte de matéria orgânica para a faunae flora local. Em bactérias, as quitinases desempenham diversas funções, inicialmente, processando e digerindo enzimaticamente monômeros de GlcNAc, aumentando assim a disponibilidade de nitrogênio e carbono. No entanto, tais enzimas também participam ativamente no controle do crescimento de determinados fungos e também podem atuar no controle de insetos pragas, os quais possuem quitina em suas estruturas externas e/ou internas. Neste contexto, estima-se que bactérias isoladas de manguezais podem possuir novas quitinases, capazes de atuar neste ambiente sob condições ambientais tão particulares. Assim, os objetivos deste projeto são i) clonagem e expressão heteróloga de uma nova quitinase da linhagem BrMgv02-JM63 (Bacillus thuringiensis) em E. Coli; ii) purificação por cromatografia da quitinase clonada; iii) caracterização da atividade enzimática da enzima purificada e finalmente a adição da enzima na dieta de insetos pragas para avaliação do potencial de biocontrole.