Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de vetores de entrega gênica baseados na cadeia leve de Dineína Rp3 e no peptídeo T22 para direcionamento celular baseado em CXCR4

Processo: 15/20193-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 05 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 21 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Adriano Rodrigues Azzoni
Beneficiário:Marianna Teixeira de Pinho Favaro
Supervisor no Exterior: Neus Ferrer-Miralles
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universitat Autònoma de Barcelona (UAB), Espanha  
Vinculado à bolsa:12/18850-8 - Desenvolvimento e avaliação in vitro e in vivo de vetores de entrega gênica baseados na cadeia leve de Dineína Rp3 e peptídeos sintéticos, BP.DR

Resumo

A definição de um vetor ideal de entrega gênica foi recentemente modificada para incluir a especificidade como uma característica central. Nosso grupo desenvolveu um vetor não viral baseado em uma dineína recombinante, nomeado T-Rp3, que se mostrou muito eficiente para entrada celular e tráfego intracelular. No entanto, sua aplicação in vivo pode ser severamente limitada pela falta de especificidade celular. Neste contexto, nossa recente colaboração com o grupo Nanobiotechnology localizado na UAB, Espanha, nos permite dar um passo além no nosso propósito de desenvolver vetores proteicos capazes de mimetizar vetores virais. Nossa experiência com a T-Rp3 pode agora ser complementada pela expertise deste grupo no desenvolvimento de sistemas direcionados de entrega, permitindo o desenvolvimento de uma proteína quimérica composta pela cadeia leve de dineína Rp3 e o T22, um peptídeo que se liga ao receptor de quimiocina C-X-C tipo 4 (CXCR4) e promove a internalização de forma específica. O receptor CXCR4 tem um papel importante em células tumorais uma vez que está super-expresso em mais de 23 tipos de cancer. A proteína proposta, T22-Rp3, deve transfectar eficientemente células que expressam CXCR4. Neste projeto, propomos a clonagem dos genes, produção e caracterização da proteína recombinante T22-Rp3, visando acrescentar a habilidade de direcionar a transfecção ao sistema T-Rp3. Células de adenocarcinoma colorretal (SW1417), entre outras, serão transfectadas in vitro para avaliar o potencial da proteína de promover a entrega de plasmídeos (pDNA) bem como siRNA. Desta forma, esperamos consolidar esta nova colaboração e avançar no estudo das aplicações de vetores baseados em dineína, buscando assim desenvolver um vetor não viral eficiente para entrega gênica.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE PINHO FAVARO, MARIANNA TEIXEIRA; SANCHEZ-GARCIA, LAURA; SANCHEZ-CHARDI, ALEJANDRO; ROLDAN, MONICA; UNZUETA, UGUTZ; SERNA, NAROA; CANO-GARRIDO, OLIVIA; AZZONI, ADRIANO RODRIGUES; FERRER-MIRALLES, NEUS; VILLAVERDE, ANTONIO; VAZQUEZ, ESTHER. Protein nanoparticles are nontoxic, tuneable cell stressors. Nanomedicine, v. 13, n. 3, p. 255-268, FEB 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.