Busca avançada
Ano de início
Entree

Eficiência e viabilidade do uso de fertilizantes de liberação controlada na cultura da bananeira (primeiro ciclo)

Processo: 15/15633-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 30 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Leandro José Grava de Godoy
Beneficiário:Camila Aparecida Nunes de Souza
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Registro. Registro , SP, Brasil
Assunto(s):Banana   Adubação   Potássio   Nitrogênio

Resumo

O Brasil é o quinto maior produtor mundial de banana, sendo o Estado de São Paulo o 2º maior produtor nacional. A Região do Vale do Ribeira-SP é o principal polo produtor de banana do Estado, e sua produção se dá por agricultores de pequeno e médio porte, que possuem conhecimento deficitário sobre técnicas de manejo da adubação. Embora o clima da região seja considerado favorável ao cultivo da banana, alta pluviosidade concentrada nos meses em que a adubação é realizada e plantio em terrenos declivosos em algumas propriedades, contribuem para o aumento de perdas por lixiviação e escoamento superficial. O presente experimento visa avaliar a eficiência da adubação utilizando-se fertilizantes de eficiência aumentada e sua viabilidade de uso pelos produtores da Região do Vale do Ribeira. O experimento será conduzido durante um ano em propriedade de produção de banana, em primeiro ciclo, localizada no município de Registro-SP. O delineamento experimental utilizado será em blocos ao acaso, com seis tratamentos e seis repetições, sendo eles tratamento controle (sem adubação), tratamento de referência com NPK convencional, parcelado em quatro vezes e quatro manejos de adubação NPK com fertilizantes de liberação controlada em seis meses (100%, 75%, 50% da dose recomendada). Serão avaliadas características de crescimento da planta, estado nutricional, volatilização da amônia, produtividade e características químicas do solo em função dos tratamentos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: