Busca avançada
Ano de início
Entree

Teoria do romance: questões de alteridade e figurações do dinheiro nas jovens nações emancipadas

Processo: 15/17491-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 20 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 19 de junho de 2016
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Teoria Literária
Pesquisador responsável:Marcelo Pen Parreira
Beneficiário:Marcelo Pen Parreira
Anfitrião: Dorothy J. Hale
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of California, Berkeley (UC Berkeley), Estados Unidos  
Assunto(s):Alteridade   Criação literária   Romance

Resumo

A partir do exame da Teoria do Romance, com ênfase nos estudos que, no contexto norte-americano, receberam influência direta ou indireta da crítica e da ficção do escritor Henry James, este projeto propõe, primeiramente, investigar as dimensões éticas e políticas da criação do outro como personagem, sobretudo, mas não apenas, referentes à categoria do duplo, e, em segundo lugar, explorar as relações do dinheiro com a literatura e a arte na virada do século XIX para o XX. A pesquisa deve contribuir para o desvendamento de aspectos ainda pouco esquadrinhados pela crítica jamesiana - ligando o duplo fantasmagórico, por exemplo, à mensagem fantasmática do dinheiro -, e também ajudar-nos a refletir acerca do elo entre Machado de Assis e seus "sósias", para empregar o termo usado por Augusto Meyer para definir o narrador de Memórias Póstumas. Pretendemos, por fim, que essas duas linhas nos levem a elaborar argumentos mais sólidos acerca da falência narrativa e o influxo de procedimentos de ruptura formal associados ao modernismo literário. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)