Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da defaunação e introdução de espécies exóticas em redes de interação planta-dispersor de sementes

Processo: 15/15172-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Mauro Galetti Rodrigues
Beneficiário:Carine Emer
Instituição Sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/01986-0 - Consequências ecológicas da defaunação na Mata Atlântica, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):16/18355-8 - História evolutiva de meta-redes de interações planta-frugívoros em uma floresta tropical defaunada, BE.EP.PD
Assunto(s):Ecologia de comunidades   Redes ecológicas   Mata Atlântica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Conservação | Disturbios antropogenicos | invasões biológicas | Mata Atlântica | mutualismo | Redes ecologicas | Ecologia de comunidades

Resumo

Interações animal-planta são processos chave na manutenção do funcionamento do ecossistema. A maioria das especies de plantas tropicais dependem de animais para dispersar suas sementes, os quais dependem dos frutos destas especies como recurso alimentar. Assim, a dispersão de sementes afeta diretamente a estrutura da vegetação e a dinâmica de comunidades em florestas tropicais. A eficiência da dispersão de sementes é influenciada principalmente pelas características funcionais, fenologia, dieta, massa corporal e co-ocorrência das especies envolvidas, além do habitat apropriado. Diversas atividades antropogênicas podem afetar as interações entre plantas e seus dispersores de sementes, tais como a defaunação e a introdução de especies exóticas. A perda de animais de elevada massa corporal, por exemplo, pode induzir a um efeito cascata nos níveis tróficos inferiores, afetando especies, interações e ecossistemas. Da mesma forma, especies exóticas podem competir com especies nativas e alterar processos ecossistêmicos; no entanto, estudos recentes tem discutido efeitos funcionais positivos de especies exóticas na substituição de especies extintas e no re-estabelecimento de interações perdidas. Redes ecológicas são uma ferramenta importante na descrição de padrões e processos de interações entre especies, e tem sido utilizadas para entender como comunidades respondem a efeitos antropogênicos e a mudanças evolutivas rápidas. Neste estudo, iremos aplicar a teoria de redes ecológicas para entender como a defaunação e a introdução de especies exóticas afetam os sistemas de dispersão de sementes na Mata Atlântica. Nós iremos avaliar como o grau de defaunação e a intensidade da invasão por especies exóticas afetam a estrutura de redes de dispersão de sementes em diferentes escalas de paisagem. Além disso, iremos analisar a influência de características funcionais das especies e da diversidade filogenética da comunidade na estrutura e robustez das redes de interação. Nós objetivamos identificar especies e interações chave, bem como padrões estruturais fundamentais para a estabilidade das redes de interações planta-dispersor de sementes em diferentes escalas da paisagem e com diferentes graus de defaunação e invasão. Com base nos resultados das análises de estrutura de redes, nosso objetivo final é delinear estratégias de conservação a serem elaboradas em colaboração com gerentes de reservas biológicas e proprietários de terras a fim de garantir a eficiência dos processos de dispersão de sementes em diferentes escalas no bioma Mata Atlântica, mantendo ou restaurando interações e funções ecológicas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GALIANA, NURIA; LURGI, MIGUEL; BASTAZINI, VINICIUS A. G.; BOSCH, JORDI; CAGNOLO, LUCIANO; CAZELLES, KEVIN; CLARAMUNT-LOPEZ, BERNAT; EMER, CARINE; FORTIN, MARIE-JOSEE; GRASS, INGO; et al. Ecological network complexity scales with area. NATURE ECOLOGY & EVOLUTION, v. 6, n. 3, p. 10-pg., . (15/15172-7)
DUGGER, PHILLIP J.; BLENDINGER, PEDRO G.; BOEHNING-GAESE, KATRIN; CHAMA, LACKSON; CORREIA, MARTA; DEHLING, D. MATTHIAS; EMER, CARINE; FARWIG, NINA; FRICKE, EVAN C.; GALETTI, MAURO; et al. Seed-dispersal networks are more specialized in the Neotropics than in the Afrotropics. GLOBAL ECOLOGY AND BIOGEOGRAPHY, v. 28, n. 2, p. 248-261, . (10/52315-7, 16/18355-8, 15/15172-7)
MARTINS, LUCAS P.; STOUFFER, DANIEL B.; BLENDINGER, PEDRO G.; BOHNING-GAESE, KATRIN; BUITRON-JURADO, GALO; CORREIA, MARTA; COSTA, JOSE MIGUEL; DEHLING, D. MATTHIAS; DONATTI, CAMILA, I; EMER, CARINE; et al. Global and regional ecological boundaries explain abrupt spatial discontinuities in avian frugivory interactions. NATURE COMMUNICATIONS, v. 13, n. 1, p. 13-pg., . (16/18355-8, 08/10154-7, 04/00810-3, 14/01986-0, 15/15172-7)
EMER, CARINE; MEMMOTT, JANE. Intraspecific variation of invaded pollination networks-the role of pollen-transport, pollen-transfer and different levels of biological organization. PERSPECTIVES IN ECOLOGY AND CONSERVATION, v. 21, n. 2, p. 13-pg., . (15/15172-7)
EMER, CARINE; JORDANO, PEDRO; PIZO, MARCO A.; RIBEIRO, MILTON C.; DA SILVA, FERNANDA R.; GALETTI, MAURO. Seed dispersal networks in tropical forest fragments: Area effects, remnant species, and interaction diversity. Biotropica, v. 52, n. 1, . (15/15172-7, 14/01986-0)
EMER, CARINE; GALETTI, MAURO; PIZO, MARCO A.; JORDANO, PEDRO; VERDU, MIGUEL. Defaunation precipitates the extinction of evolutionarily distinct interactions in the Anthropocene. SCIENCE ADVANCES, v. 5, n. 6, . (14/01986-0, 17/25605-3, 16/18355-8, 15/15172-7)
EMER, CARINE; GALETTI, MAURO; PIZO, MARCO A.; GUIMARAES, JR., PAULO R.; MORAES, SUELEN; PIRATELLI, AUGUSTO; JORDANO, PEDRO. Seed-dispersal interactions in fragmented landscapes - a metanetwork approach. ECOLOGY LETTERS, v. 21, n. 4, p. 484-493, . (17/08406-7, 10/52315-7, 14/01986-0, 16/18355-8, 15/15172-7)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.