Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da defaunação e introdução de espécies exóticas em redes de interação planta-dispersor de sementes

Processo: 15/15172-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Mauro Galetti Rodrigues
Beneficiário:Carine Emer
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/01986-0 - Consequências ecológicas da defaunação na Mata Atlântica, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):16/18355-8 - História evolutiva de meta-redes de interações planta-frugívoros em uma floresta tropical defaunada, BE.EP.PD
Assunto(s):Ecologia de comunidades   Redes ecológicas   Mata Atlântica

Resumo

Interações animal-planta são processos chave na manutenção do funcionamento do ecossistema. A maioria das especies de plantas tropicais dependem de animais para dispersar suas sementes, os quais dependem dos frutos destas especies como recurso alimentar. Assim, a dispersão de sementes afeta diretamente a estrutura da vegetação e a dinâmica de comunidades em florestas tropicais. A eficiência da dispersão de sementes é influenciada principalmente pelas características funcionais, fenologia, dieta, massa corporal e co-ocorrência das especies envolvidas, além do habitat apropriado. Diversas atividades antropogênicas podem afetar as interações entre plantas e seus dispersores de sementes, tais como a defaunação e a introdução de especies exóticas. A perda de animais de elevada massa corporal, por exemplo, pode induzir a um efeito cascata nos níveis tróficos inferiores, afetando especies, interações e ecossistemas. Da mesma forma, especies exóticas podem competir com especies nativas e alterar processos ecossistêmicos; no entanto, estudos recentes tem discutido efeitos funcionais positivos de especies exóticas na substituição de especies extintas e no re-estabelecimento de interações perdidas. Redes ecológicas são uma ferramenta importante na descrição de padrões e processos de interações entre especies, e tem sido utilizadas para entender como comunidades respondem a efeitos antropogênicos e a mudanças evolutivas rápidas. Neste estudo, iremos aplicar a teoria de redes ecológicas para entender como a defaunação e a introdução de especies exóticas afetam os sistemas de dispersão de sementes na Mata Atlântica. Nós iremos avaliar como o grau de defaunação e a intensidade da invasão por especies exóticas afetam a estrutura de redes de dispersão de sementes em diferentes escalas de paisagem. Além disso, iremos analisar a influência de características funcionais das especies e da diversidade filogenética da comunidade na estrutura e robustez das redes de interação. Nós objetivamos identificar especies e interações chave, bem como padrões estruturais fundamentais para a estabilidade das redes de interações planta-dispersor de sementes em diferentes escalas da paisagem e com diferentes graus de defaunação e invasão. Com base nos resultados das análises de estrutura de redes, nosso objetivo final é delinear estratégias de conservação a serem elaboradas em colaboração com gerentes de reservas biológicas e proprietários de terras a fim de garantir a eficiência dos processos de dispersão de sementes em diferentes escalas no bioma Mata Atlântica, mantendo ou restaurando interações e funções ecológicas.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.