Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de fatores locais e de paisagem sobre a comunidade de abelhas visitantes florais em fragmentos de Mata Atlântica

Processo: 15/04973-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Danilo Boscolo
Beneficiário:Juliana Toshie Takata
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/08327-7 - Influência de fatores locais e de paisagem em comunidades de abelhas visitantes florais em fragmentos de Mata Atlântica, BE.EP.IC
Assunto(s):Abelhas   Polinização   Destruição de habitat   Fragmentos florestais   Ecologia da paisagem

Resumo

A polinização é um importante processo ecológico para a manutenção de ecossistemas. Os insetos polinizadores, em sua maioria as abelhas, são assim essenciais para a manutenção da reprodução de espécies vegetais em ecossistemas naturais e antrópicos. No entanto, abelhas são bastante sensíveis à perda e fragmentação de ambientes naturais. Essa perturbação na paisagem pode ocasionar sua diminuição de riqueza e frequência de visitas a flores. Todavia, a diversidade estrutural e abundância de espécies de plantas no ambiente, podem também alterar as taxas de visitação e o comportamento dos insetos. O objetivo desse trabalho é compreender como características da paisagem circundante (quantidade de habitat e isolamento) e características locais de fragmentos florestais (temperatura; umidade; abundância e diversidade de recursos florais; presença de espécies dominantes; densidade do dossel e sub-bosque), influenciam a abundância e riqueza de espécies de abelhas visitantes florais. Em paisagens com mais ambientes florestais esperamos registrar maior riqueza de espécies de abelhas polinizadoras. Já em fragmentos florestais com menor quantidade de recursos e condições favoráveis, devemos encontrar menor abundância de abelhas visitantes florais. Amostraremos fragmentos florestais na região entre as Serras da Cantareira e Mantiqueira, de modo a variar tanto as características locais quanto a estrutura e composição da paisagem. No interior de cada fragmento, coletaremos abelhas visitantes florais ativamente. Para avaliar o efeito da paisagem e características locais sobre a comunidade de abelhas visitante florais, utilizaremos a abordagem de múltiplas hipóteses concorrentes. Os modelos ecológicos a serem testados combinarão um ou mais fatores. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NERY, L. S.; TAKATA, J. T.; CAMARGO, B. B.; CHAVES, A. M.; FERREIRA, P. A.; BOSCOLO, D. Bee diversity responses to forest and open areas in heterogeneous Atlantic Forest. Sociobiology, v. 65, n. 4, SI, p. 686-695, OCT 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.