Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de processos de degradação de pigmentos de coloração azul e amarelo

Processo: 14/26151-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Nuclear
Pesquisador responsável:Márcia de Almeida Rizzutto
Beneficiário:Natasha Fioretto Aguero
Instituição Sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Arqueometria   Degradação   Colorimetria
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:arqueometria | colorimetria | degradação | pigmento | Arqueometria

Resumo

A arqueometria é definida como a aplicação de todas as ciências experimentais, naturais e tecnológicas para o conhecimento e caracterização dos objetos de arte, arqueológicos e materiais do patrimônio cultural para deste modo auxiliar na ciência da conservação, arqueologia, história, arte, etc.. As várias metodologias científicas empregadas, em conjunto com os diferentes pesquisadores, auxiliam o estudo, a caracterização e melhor entendimento dos objetos do patrimônio artístico e histórico e assim permitem extrair informações sobre tecnologias, processos criativos e de manufaturas que estão relacionados ao artista e as sociedades culturais vinculadas. As análises físico-químicas podem ser extremamente úteis para estudar diferentes materiais e objetos como pinturas de cavalete, murais, cerâmicas, metais, etc. No caso particular de pinturas, as análises podem auxiliar os estudos sobre os processos de degradação de cor dos pigmentos devido à exposição à luz durante o passar do tempo. Nesta proposta de trabalho serão estudados os possíveis processos de degradação de alguns pigmentos. Serão priorizados os pigmentos à base de cobalto, estanho, cádmio e selênio que formam os pigmentos: azul de cobalto (CoO.Al2O3), cerúleo (CoO.nSnO2), amarelo de cádmio (CdS+ZnO) ou laranja de cádmio (Cd(S,Se)). Os estudos serão realizados através de amostras padrões preparadas com estes pigmentos que sofrerão envelhecimento laboratorial devido à ação da radiação ultravioleta e infravermelho.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
AGUERO, Natasha Fioretto. Estudo de processos de degradação de pigmentos de coloração azul e amarela. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física (IF/SBI) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.